10 dicas para não errar norma culta na redação

Roberta Rinaldi Dicas de Português

A avaliação da norma culta na redação passa por níveis de cobrança diferentes de acordo com o erro cometido. Tratamos sobre isso em um post que explica quais são os desvios considerados leves, médios e graves pelos corretores do exame (veja AQUI). Pensando nisso, e com o propósito de preparar você para não cometê-los em nenhum desses níveis, listamos 10 dicas fundamentais para você tirar total na competência 1, que avalia o domínio da modalidade escrita. Confira:

1) Estude vírgula  

Um erro muito comum diz respeito ao uso da vírgula. Aprendemos sobre ela durante todo o percurso escolar, mas ela ainda é a “pedra no sapato” de muita gente na hora de escrever. Sem contar que algumas orientações erradas podem ser internalizadas por muito tempo, como aquela falsa regra de “colocar a vírgula sempre que você pausar para respirar durante a leitura”. Imagine se essa regra fosse verdadeira? Ela iria variar entre pessoas com mais ou menos fôlego, não é?! Bom, não é assim que funciona. Mas não se preocupe, listamos as principais regras de vírgula AQUI. Estude-as, poupe seu fôlego e não erre mais! 😉

2) Estude crase

 Reconhecemos que o uso da crase não é fácil. Envolve uma série de normas e exceções. Ok! Mas ela é necessária, inclusive por motivos de clareza, então, compreender as regras é fundamental. Errar crase pode comprometer sua nota na competência que avalia norma culta assim como a de coesão e coerência. Cuidado! Veja AQUI para aprender.  

3) Revise palavra por palavra para achar as que faltam acento  

Nem sempre temos dúvidas quanto à acentuação, mas erramos por falta de atenção! Nossa dica é que você sempre volte em palavra por palavra, tendo um cuidado específico de observar se em alguma delas faltou acento.

4) Estude as regras de uso do hífen

 Já tínhamos dificuldade para usar o hífen, aí veio o Novo Acordo Ortográfico e…bom, continuamos não sabendo como usá-lo.

Mas é preciso correr atrás e entender, afinal, ele será cobrado. Estude AQUI tudo sobre as regras de hifenização do Novo Acordo Ortográfico.

5) Estude concordância  

São tantas as regras e exceções de concordância, que unidades inteiras costumam ser destinadas ao ensino dela na gramática tradicional! Mas vale a pena e é necessário investir na leitura sobre ela, afinal, além de comprometer sintaticamente as orações, errar concordância empobrece o texto e passa uma impressão ruim ao corretor. Atente-se a isso!  

6) Pesquise curiosidades da língua  

Além de ser divertido, essa é uma forma de internalizar regras importantes da língua. Por exemplo: você sabia que a palavra “quaisquer” é a única no português que forma plural no meio? Agora que já sabe, não corre o risco de errá-la quando precisar usar no texto.

7) Acompanhe mídias sociais que postem dicas de gramática

 Estamos constantemente checando as redes sociais. Aquela fugidinha rápida dos estudos não precisa significar deixar completamente de lado o momento de aprendizagem. Basta seguir aqui e ali alguma página que poste dicas de gramática. O Instagram da IMAGINIE, por exemplo, posta dicas e exemplos todos os dias! Você tá ali, de bobeira, conferindo as fotos dos amigos e, de quebra, aprendendo uma regrinha gramatical. Segue a gente lá, vai! 😉

8) Escreva

 A escrita é uma forma de praticar a ortografia correta, a acentuação, a pontuação e a organização sintática das orações. Portanto, mão na massa! Crie o hábito de escrever sempre, mesmo as mais básicas anotações.

9) Faça um diagnóstico de suas dificuldades

 Com a prática da escrita você irá perceber em quais tópicos gramaticais tem mais dificuldade e poderá, então, dedicar-se ao estudo deles. Seja seu próprio avaliador. Isso é importante para que você mesmo tenha a capacidade de direcionar o que é prioridade de estudo para enriquecer sua compreensão gramatical.

 10) Leia bastante 

Essa dica é essencial e muito importante: a leitura nos ajuda a internalizar regras de norma culta. Ela é necessária para várias áreas do estudo de redação, inclusive a gramatical. Ler palavras escritas e acentuadas corretamente, por exemplo, nos faz reproduzi-las automaticamente com excelência!

VEJA: 10 ERROS QUE VOCÊ PODE ESTAR COMETENDO SEM PERCEBER

Gostou? Compartilha com a gente quais outras dicas e estratégias são possíveis para que não haja mais erros de norma culta na sua produção textual! Bons estudos 😉

Vamos debater sobre?