5 comidas que vão te ajudar a estudar melhor

Kamila Dantas Geral

Para conquistar a melhor nota no ENEM 2019, certamente você já precisou montar uma rotina de estudos. Nesse processo, além da ajuda da Imaginie, é importante estabelecer um cronograma de como se preparar antes, durante e depois de encarar os livros.

Se alimentar bem, será fundamental. Assim como o nosso corpo, o nosso cérebro também precisa de nutrientes específicos que nos ajudem na concentração, raciocínio e memorização. Alguns alimentos ricos em antioxidantes, vitaminas e sais minerais podem ser os aliados ideais na hora dos estudos. 

Pensando em você, selecionamos alguns alimentos fáceis de serem encontrados e que não podem ficar de fora da sua lista de supermercado:

  • Água/Água de coco

Se manter hidratado é o primeiro passo para um cérebro saudável. Lembre-se sempre quais seriam os seus sintomas se você acordasse de ressaca, fizesse exercícios físicos sem consumo de água ou ficasse um dia inteiro de verão sem consumi-la. Imaginou?

Naturalmente você se sentirá tonteira, sonolência e uma enorme fadiga. Isso te desconcentraria do seu foco e poderia jogar horas de estudo no lixo.

O consumo mínimo de dois litros por dia te deixará mais desperto, concentrado e pronto para uma maratona de conhecimento.

 

  • Café

O queridinho dos estudantes, segregado entre os grupos que amam e os que detestam, a cafeína é famosa pelo seu efeito estimulante. Ela pode acelerar o seu metabolismo, além de deixar você em estado de alerta e concentração.

A bebida pode ser consumida quente (nos dias frios é a melhor pedida!) e até geladinha, o ideal para o verão. Atenção: o seu consumo em excesso pode trazer danos a saúde e até causar o efeito contrário.

Médicos e nutricionistas recomendam uma média quatro xícaras pequenas por dia. Podendo variar de pessoa a pessoa.

 

  • Sementes (chia, abóbora, linhaça, etc)

Pequenas notáveis, as sementes são fontes de fibras, proteínas e antioxidantes. Embora estejam na moda, seu valor nutricional é alto, podendo dar energia, diminuir o estresse, ansiedade e melhorar a memória.

Elas estão presentes nas práticas barrinhas de cereais, podendo ser usadas em sucos, iogurtes, saladas e molhos. São facilmente encontradas em supermercados, mercados e até farmácias.

 

  • Açaí

O calor pode causar um desânimo enorme, principalmente na hora dos estudos. Não há quem resista um poderoso açaí nesse verão. O que muitos não sabem é que seu poder antioxidante e anti-inflamatório é enorme.

Muito utilizado por atletas, ele é altamente calórico e pode te dar a energia necessária para encarar uma tarde de estudos de forma leve e muito refrescante. Consuma sua versão com frutas, que o efeito e sabor serão altamente potencializados.

 

  • Peixe

Quem nunca viu um pote de ômega 3 em capsulas no armário dos pais, avós ou tios?

Isso porque esse nutriente é vital para as funções cerebrais, já que 60% do nosso cérebro é gordura, sendo 20% de DHA (ácido decosahexanóico), que é um ácido de tipo ômega 3. A deficiência na ingestão dessa gordura, está ligada diretamente a maior perda de memória em idosos, além do aumento significativo nos sentimentos de angústia, causando até depressão.

Os peixes são a principal fonte desse nutriente tão importante para os nossos neurônios.  Consumi-los deve te ajudar diretamente no desempenho cognitivo, memória e diminuir os riscos de diversas doenças.

Alguns tipos como o atum, salmão, sardinha e bacalhau, tem quantidades maiores de ômega 3. Eles podem até não serem tão simples de preparar, mas é uma ótima pedida naquele almoço de domingo com toda família.

 

Agora você já pode montar um cronograma completo de estudos incluindo até as refeições. A combinação de toda essa organização, com muita força de vontade, leitura e a Imaginie, equivale a um aluno nota 1000 na redação do Enem.

O ano só está começando, portanto, planeje-se bem para a próxima edição do exame nacional. Pratique a sua redação e mande a sua correção! 😉

veja também: 08 dicas de concentração

 

Vamos debater sobre?