Aluna nota mil na redação do Enem 2017 estudou com o apoio da Imaginie, confira a entrevista:

Roberta Rinaldi Notícias

Larissa Moreira Vailati, estudante de 18 anos, natural de Juiz de Fora – MG, estudou para o ENEM por conta própria, em casa, com o apoio da plataforma da IMAGINIE. Entrevistamos a participante que ficou entre os únicos 53 que conseguiram a nota máxima em meio aos milhões que prestaram o vestibular. Veja as dicas que ela compartilhou e confira um pouco do processo pelo qual Larissa passou até ser uma das alunas nota 1000!

  • Você sempre gostou de escrever? 

Sim, sempre cultivei o hábito da escrita – seja sobre minha vida pessoal, seja sobre outros assuntos.  

  • Quais eram suas principais dificuldades ao escrever um texto?  

Em relação às minhas dificuldades, lembro que eu errava muito no tamanho de cada período do texto, na redundância e em alguns aspectos gramaticais, como na concordância.  

  • Como era sua rotina de estudos para a redação? 

Prezei muito pelos meus estudos voltados para a redação devido ao peso que ela possui na nota do ENEM. Por isso, semanalmente, costumava fazer um texto junto ao meu professor, dois na plataforma Imaginie e mais um  no simulado do final de semana. Entretanto, um número grande de redações semanais não significa um estudo completo da escrita. É preciso analisar e anotar os erros, refazer o texto corretamente e estudar a proposta de forma abrangente, para que o tema solicitado não seja um empecilho na hora da elaboração.

  • Estudar para a redação te ajudou em outras áreas do exame?  

Com certeza. No intuito de me sentir segura na temática exigida, estudava muito a área de humanas – sobretudo Filosofia e Sociologia -, para ter um conhecimento amplo das problemáticas e da realidade mundial. Para minha surpresa, muitos assuntos que eu lia voltados para a redação foram questões de ciências humanas. Penso que o intercâmbio de informações de uma área do conhecimento para outra evolui consideravelmente o estudo de um aluno.  

  • O que passou pela sua cabeça quando você descobriu o tema da redação do Enem 2017?  

Quando li o tema da redação do ENEM 2017 eu fiquei bastante surpresa e feliz. Ao meu ver, o fato de ter sido solicitado um assunto que ninguém imaginava foi super positivo, pois, dessa forma, desconstrói a hipótese de as pessoas irem para a prova com propostas fixas e previsíveis. Do modo que foi esse ENEM, o candidato devia elaborar os argumentos com base em um conhecimento geral e nos próprios estudos ao longo do ano. No meu caso, já tinha lido e estudado sobre educação inclusiva e minorias sociais. Utilizei essas duas áreas para basear meu texto sobre o tema demandado.  

  • Quais temas você treinou durante o ano e te auxiliaram na hora da prova?  

Como havia dito, fiz temas sobre inclusão de pessoas com deficiência e sobre outros que envolviam minorias sociais.

  • Você saberia dizer quanto tempo em média demorou para elaborar o texto? 

No dia do ENEM, confesso que demorei bastante na parte da redação porque fiquei relendo “vírgula por vírgula” para não perder na parte gramatical e coesiva. Não lembro direito quanto tempo, mas acredito que foram duas horas.  

  • O que você diria para quem gostaria de usar uma plataforma de ensino online para estudar redação? 

Utilizar uma plataforma online é um excelente complemento dos estudos de redação. Não defendo o fato de descartar uma aula presencial, penso que os meios se complementam. Porém, o estudo online é, com certeza, muito positivo para atingir uma boa nota.   

  • Apenas 53 candidatos conseguiram nota 1000 dentre os 725.330 que fizeram a prova. O que você tem a dizer sobre isso?  

Fiquei extremamente feliz com a nota 1.000 do meu texto. Quando vi, não acreditei. Vale muito a pena a dedicação para essa parte da prova.  

  • A redação fez grande diferença em sua média final?

Com certeza. Minha média subiu muito com a nota da redação.

  • Quais são as suas dicas para os alunos estudando para a redação?

Para um estudo completo de redação, presumo que, além de sempre tentar entender o motivo dos erros gramaticais e coesivos, procurar estudar a temática com uma visão mais crítica e reflexiva, de forma a relacionar uma problemática de cunho social com uma de nível educacional, por exemplo. Além de a escrita se tornar muito mais fácil, esse método constrói muita segurança para elaborar uma redação no dia do Enem.

Assim como a Larissa, você também pode ser um aluno nota 1000! Para isso, você já deve continuar a praticar. Conheça nossos pacotes de correção, envie sua redação e tenha um feedback completo de como aperfeiçoar sua escrita.

Acesse AQUI nossos temas, dicas e exemplos de redação!

VEJA TAMBÉM: O QUE ERA ESPERADO DO ALUNO NA REDAÇÃO DO ENEM 2017?

Vamos debater sobre?