Como detalhar a proposta de intervenção

Roberta Rinaldi Dicas de Redação

Você já ficou se perguntando por que nunca tira 200 na competência 5 mesmo colocando os elementos “meio”, “ação”, “agente” e “propósito”? Os corretores penalizam bastante os alunos pela falta de detalhamento na proposta de intervenção, erro que tem comprometido a nota de muita gente e que pode ser o que te impede de conseguir o tão sonhado mil. Pensando nisso, elaboramos este post, para que você aprenda como detalhar a proposta de intervenção e, consequentemente, consiga uma boa nota na redação!

Você já deve ter percebido que não adianta fazer um parágrafo conclusivo simplesmente organizado, com os elementos já citados, se você não detalhar pelo menos um deles. O segredo é esse, e nem todo mundo sabe disso. Mas calma, porque eu vou te dar algumas dicas de como colocar esse detalhamento. Anota aí:

Na proposta a seguir, percebam que falta o detalhamento no elemento agente.

  • A mídia poderia abordar a questão do surdo em sociedade, com o propósito de maior conscientização social para o assunto.”

Para complementar esse agente, e especificar sua função, veja como detalhar:

  • “A mídia, grande difusora de informação e principal veículo formador de opinião, poderia abordar a questão do surdo em sociedade, com o propósito de maior conscientização social para o assunto.”

Agora vamos ver um exemplo com o elemento modo/meio:

  • “A fim de manter a segurança nas grandes cidades, a prefeitura deverá investir, portanto, na contratação de um maior grupo policial, por meio de concursos públicos”.

Uma forma de detalhar o meio como tal proposta será implementada seria dizendo ao final: “cujos editais poderão ser abertos mais vezes durante o ano.

Já no elemento ação, observe a proposta:

  • “Ademais, as escolas poderiam disponibilizar materiais didáticos, a fim de aprimorar o aprendizado dos alunos quanto ao assunto.”

O detalhamento dessa ação poderia ser:

  • “Ademais, as escolas poderiam disponibilizar materiais didáticos, como apostilas e e-books, a fim de aprimorar o aprendizado dos alunos quanto ao assunto.”

O último elemento é, muitas vezes, esquecido nas redações. Muitos vestibulandos nem sequer sabem que ele é necessário. Estamos falando da “finalidade”, elemento que indica o propósito da sua proposta.

Vejamos um exemplo:

  • “As emissoras de televisão devem trazer em sua programação propagandas referentes ao perigo da ingestão de bebidas alcóolicas enquanto se dirige, a fim de reduzir o número de acidentes de carro e moto nas principais vias e rodovias brasileiras”.

O detalhamento, nessa intervenção, poderia aparecer da seguinte forma:

  • “Só assim, será possível conscientizar efetivamente os motoristas.

É importante lembrar que NÃO É NECESSÁRIO colocar o detalhamento em TODOS os elementos. Um detalhamento já é suficiente, ok?

Leia mais sobre a proposta de intervenção segundo o Enem clicando AQUI.

Compartilhe suas dúvidas conosco, pois queremos prepará-lo para a excelência em redação!

Bons estudos e até a próxima! 😉

Vamos debater sobre?