Como fazer uma boa redação aprimorando o desenvolvimento

Roberta Rinaldi Dicas de Redação

Os parágrafos de desenvolvimento são uma parte essencial de como fazer uma boa redação e da composição do gênero dissertativo-argumentativo, já que a partir deles você irá fundamentar a tese apresentada em sua introdução. (Veja AQUI como fazer uma boa introdução!) É preciso organização para que tudo seja bem justificado e nenhuma informação falte nesses parágrafos “do meio” do texto. Atente-se às dicas a seguir, coloque-as em prática e aperfeiçoe ainda mais sua redação.

Uma das formas de elaborar um bom parágrafo de desenvolvimento é seguindo estes 3 passos básicos:

  • Apresentação de um tópico frasal: tópico frasal é a ideia central do seu argumento, aquilo que você acredita ser a situação-problema relacionada ao tema e que será o foco de discussão do parágrafo. Geralmente é apresentado por uma frase breve que sintetiza o seu pensamento sobre a situação. Pode ser elaborado como uma afirmação, uma comparação ou uma referência histórica, por exemplo.
  • Fundamentação da ideia: depois de apresentar a situação-problema, você deve, então, comprovar a ideia. Procure responder às seguintes questões: por que tal problema acontece? Como acontece? Há exemplos, dados ou reflexões teóricas a respeito? Essas informações devem aparecer e denotam credibilidade ao que você afirma.
  • Fechamento da ideia: trata-se de retomar, reafirmar o tópico frasal, com o propósito de indicar que o seu ponto de vista foi válido e, portanto, claramente fundamentado por meio das respostas do passo 2 É praticamente você dizendo “Viu, leitor? Eu falei que o assunto era sério! Comprovei, exemplifiquei e tudo mais!” 😉

Tenha em mente que:

  • Esse não é o método único de organização dos parágrafos de argumentação, apenas uma (boa!) sugestão 😉
  • As dicas devem ser adaptadas quando você mudar a estratégia argumentativa, por exemplo, causa e consequência, enumeração, entre outros modelos de apresentação do assunto. O importante é nunca deixar o leitor se perguntando o porquê e as consequências daquilo que você diz ser o problema.
  • Outro aspecto ao qual você deve ficar atento é que essas estratégias servem tanto para um argumento negativo quanto positivo. Não leve “ao pé da letra” a palavra problema. Pense em situação. Você pode abordar tanto uma situação que seja negativa, quanto uma que seja positiva.
  • É, inclusive, muito enriquecedor quando você é capaz de demonstrar que há aspectos negativos, mas também positivos sobre a temática. Só não se esqueça de posicionar-se, afirmando que, por não completamente eficiente e satisfatória, medidas devem ser tomadas, para garantir o aperfeiçoamento daquilo que se discute.

Veja um exemplo prático do tópico acima: suponhamos que o tema trata-se de uma reflexão sobre o SUS (Sistema Único de Saúde). Conhecemos bem as críticas ao sistema, fundamentar o lado negativo é fácil, mas também é muito comum. E é preciso “fugir” do senso comum, certo? Para isso, é necessário ir além. Por exemplo, aborde os pontos favoráveis do sistema. Quais são eles?

  • Há apenas 20 anos a saúde não era um direito de todos, era privilégio dos trabalhadores de carteira assinada e seus dependentes, o que colocava as demais pessoas excluídas da possibilidade de assistência médica. O SUS universalizou o atendimento, qualquer cidadão tem, por direito, acesso à saúde!
  • Em 2012, o sistema foi foco de discussão no comitê de Genebra da Organização Mundial de Saúde (OMS). O objetivo foi apresentá-lo para ajudar outros países a também construírem um sistema público de saúde semelhante, ou seja, nosso sistema é referência para outras nações.

“Apesar disso…” É aí que entra o seu senso crítico sobre o tema. Basicamente, o aluno deve considerar que o sistema é bom, na teoria, mas não tem sido eficiente na prática, o que evidencia a necessidade de aprimoramentos, mudanças, intervenções.

Vamos colocar essas dicas em prática? Escolha aqui alguns de nossos temas e comece a treinar a construção dos parágrafos de desenvolvimento. Pesquise bastante sobre os assuntos, esteja sempre atualizado e expanda seu repertório sociocultural.

Venha para a Imaginie e aprenda como fazer uma boa redação. Bons estudos!

Vamos debater sobre?