7 dúvidas que todo mundo tem sobre a redação

Carla Gobb Dicas de Redação

Escolher um tema para praticar a produção textual é fácil. Difícil mesmo é começar e ir até o fim sem que uma duvidazinha te deixe ali pensativo se você será penalizado ou não por determinadas escolhas na hora da escrita. Mas você não está só! Por isso, listamos 7 dúvidas muito frequentes quanto à redação e esclarecemos todas. Quem sabe a sua pergunta não está entre elas? Confira!  

  • O título é obrigatório?  

Já tratamos de todos os detalhes sobre o título na redação do Enem em um post específico (clique AQUI), inclusive respondemos a essa questão de acordo com a orientação do INEP feita no manual do candidato. A resposta é não. O título é opcional no caso do Enem, portanto, não vale ponto. Mas, se você quiser colocar, tudo bem! Lembre-se de ser objetivo, original e usá-lo ao seu favor para chamar a atenção do leitor.

Obs.: nos demais vestibulares que você for prestar, fique atento! Geralmente, há no edital ou na própria proposta de produção a indicação se o título é ou não opcional. 🙂  

  • Minha letra é feia! :O Posso perder pontos por isso?  

Não exatamente por ter a letra feia, mas com certeza isso pode contribuir negativamente quanto à recepção do leitor para o texto, principalmente nos casos em que o candidato tem uma letra de difícil compreensão. Isso pode desmotivar o avaliador, pois ele terá que decifrar as ideias ao longo do texto.  

  • Quantos parágrafos o texto deve ter?  

O ideal é que o texto tenha 4 ou 5 parágrafos. Um para introdução, um para conclusão, e os de desenvolvimento podem ser 2 ou 3, dependendo da sua estratégia argumentativa.  

  • Vish! Esqueci a tese na introdução, e agora? Meu texto vai ser zerado?  

Esse é um erro grave, não podemos negar… 🙁 Mas, não, seu texto não vai ser zerado. Porém, muitos pontos serão descontados na competência 2, que avalia a adequação aos limites estruturais do gênero dissertativo-argumentativo, critério que define a tese como parte fundamental deste parágrafo inicial. Então, fique atento e nunca se esqueça dela. Leia mais sobre como fazê-la adequadamente clicando AQUI 

  •  Não pode repetir o mesmo conectivo?  

Não! O corretor irá observar se, além de usar os conectivos, você sabe diversificá-los, ou seja, se possui um bom repertório de operadores argumentativos e se conhece perfeitamente suas funções. Portanto, é bom estudar o maior número possível. Listamos vários deles para você, é só clicar AQUI! 😉  

  • Quantas propostas de intervenção devo apresentar?  

Desde o ano passado, o Enem não cobra do aluno duas propostas de intervenção completas, mas uma, na qual você colocará os agentes, meios e propósitos. Nossa dica é que, para manter a coerência entre as partes do texto, tudo o que for problematizado seja resolvido, então pense em propostas viáveis e abrangentes.

  •  Posso usar as informações dos textos de apoio?

Sim! Por isso, você deve treinar bastante a boa interpretação deles. Invista na leitura de gráficos, estude dados e a compreensão crítica de charges e tirinhas, muito comuns nos textos motivadores da proposta. Te ensinamos passo a passo como usar os textos de apoio da redação e te alertamos sobre o que não fazer quanto a eles, então não deixe de ler acessando o post AQUI.

Compartilha com a gente nos comentários quais outras dúvidas surgem na hora de escrever e vamos discuti-los e esclarecê-los! Bons estudos 😉

Vamos debater sobre?