Proposta de intervenção Enem: fotografia de uma mulher sentada à mesa e escrevendo em um livro.

O que é a proposta de intervenção Enem e como construí-la da melhor forma?

Roberta Firmino Dicas de Redação

De acordo com um levantamento feito pela Imaginie, um dos grandes desafios enfrentados por quem está se preparando para a redação de uma prova, como o Enem, está relacionado à proposta de intervenção. Essa questão aparece em oitavo lugar em relação aos erros que mais pessoas cometem nas redações enviadas à nossa plataforma para correção.

Mas, afinal, por que esse erro é cometido com tanta frequência? Bom, um dos motivos pode ser justamente a falta de entendimento sobre o que é e a importância dessa tal proposta de intervenção Enem. Então, é sobre isso que vamos falar hoje!

Continue a leitura para entender tudo o que você precisa para fazer uma boa proposta de intervenção na redação do Enem.

Entendendo o que é a proposta de intervenção Enem

A redação do Enem segue um modelo de construção textual chamado dissertativo-argumentativo. Esse gênero exige que o candidato saiba demonstrar conhecimento sobre determinado tema, dissertando a respeito do assunto proposto, e também que ele apresente e defenda uma ideia para solucionar o problema colocado.

Essa ideia que você deverá apresentar na redação recebe o nome de proposta de intervenção, e é, inclusive, uma das competências avaliadas no Exame. Por meio dela, você apresentará um caminho para tratar o problema em discussão da melhor forma possível.

Porém, por não ser praticado pela maior parte da rede escolar brasileira — em especial pelas escolas da rede pública de ensino —, esse modelo de redação apresenta um grau de dificuldade que acaba intimidando grande parte dos candidatos.

Muitos inscritos acabam se perdendo na proposta de intervenção do Enem. E, fugindo dessa etapa ou não elaborando uma boa proposta, você pode ter uma grande queda em sua nota final da redação.

Você não quer cair nessa, né? Então, agora confira as nossas dicas para elaborar uma boa proposta de intervenção no Enem!

Realizando uma boa proposta de intervenção

Como falamos no tópico anterior, a proposta de intervenção do Enem é uma das competências exigidas na avaliação da redação. E é justamente essa a competência que tem apresentado pior desempenho na média dos inscritos nos últimos anos.

Uma das exigências da competência V, que é a que estamos abordando neste artigo, é que a proposta de intervenção respeite os direitos humanos, os valores de cidadania e a diversidade sociocultural. Por isso, é fundamental estar de acordo com essas questões em seu texto!

Porém, existem alguns outros pontos aos quais você deve ficar atento. Veja algumas dicas importantes abaixo:

1. Deixe a sua proposta de intervenção explícita no texto

O corretor precisará identificar a sua proposta de intervenção em sua produção textual. Por isso, deixe-a evidente e utilize bem as linhas da folha de redação para desenvolver o tema e a ideia que você está apresentando.

Um outro ponto importante é o detalhamento da sua proposta. Muita gente não sabe, mas esse pode ser um dos principais motivos de você não estar conseguindo alcançar a tão sonhada nota 1000!

2. Não fuja do foco

Um dos maiores problemas das propostas de intervenção apresentadas nas redações do Enem é a fuga do foco. Isso pode acontecer quando ocorre a fuga total do tema, que resulta em uma redação zerada, ou quando há o tangenciamento, que é a abordagem do tema de maneira superficial.

Por isso, mantenha o foco no tema e em sua possível solução. Assim, sua proposta de intervenção Enem poderá ser melhor trabalhada.

Gif de um gato olhando fixamente para cima. Uma pessoa o cutuca, mas ele não desvia o olhar e se mantém focado

3. Pense em viabilidade

Não adianta de nada apresentar uma proposta de intervenção que não dê para ser colocada em prática! A sua ideia deve ser viável e plausível.

Você não pode tratar de um tema como a criminalidade, por exemplo, defendendo que pessoas que cometem crimes sejam enviados para outro planeta. Afinal, isso é impossível até mesmo por conta de limitações tecnológicas!

Então, lembre-se: sua proposta de intervenção Enem deve ser razoável. Nesse ponto, a coerência faz toda a diferença.

4. Volte sempre para a proposta de intervenção

Não deixe para tratar sobre sua proposta de intervenção apenas nas últimas linhas da redação. O ideal é que você desenvolva a sua sugestão ao longo do texto e fortaleça a sua posição nos últimos parágrafos.

Assim, você terá tempo e espaço para elaborar e detalhar bem a sua proposta de intervenção, deixando-a coerente com o restante da apresentação e argumentação da sua redação.

Preparando-se para a nota 1000

Agora que você já sabe o que precisa fazer para enfrentar um dos principais desafios da redação do Enem, nada te impede de continuar se preparando para alcançar a nota 1000, certo?

É claro que existem muitos outros pontos a serem desenvolvidos, como a introdução e o desenvolvimento da redação. Por isso, continue pesquisando e se atualizando sobre o assunto.

E aqui vai uma última dica: esteja sempre atento aos assuntos da atualidade. Afinal, quanto mais você souber sobre o que está acontecendo maiores são as suas chances de dominar o tema da redação e se sair bem!

Bom, e para você já ir praticando, faça o seu cadastro na plataforma da Imaginie e tenha acesso a diversos temas para você produzir as suas redações e treinar a sua proposta de intervenção Enem!

Banner para cadastro na plataforma da Imaginie, direcionando para o link: https://app.imaginie.com/pt-br/accounts/register/?utm_source=blog&utm_medium=banner&utm_campaign=post-blog

Vamos debater sobre?