Tudo que você precisa saber sobre a produção de texto

Carla Gobb Dicas de Redação

A produção de um texto é um processo que demanda tempo e dedicação, além de muito treinamento e conhecimentos tanto da língua portuguesa quanto sobre o tema a ser discutido.

Construir um bom trabalho argumentativo requer treinamento e conhecimento dos principais elementos que formam um texto. Acompanhe o artigo abaixo para entender um pouco mais sobre como a construção da sua redação pode ser muito mais fácil.

Tipos textuais

Para construir um bom texto, é preciso também entender qual é o tipo ao qual ele pertence.

Cada um possui características específicas. Há modelos narrativos e descritivos, assim como o argumentativo, que é o mais comum.

O tipo argumentativo é, geralmente, o que dá mais “dor de cabeça” para os alunos, sejam eles do ensino básico ou superior.

Exigências como diferentes conhecimentos sobre um mesmo tema são comuns no tipo argumentativo, pois, além de apresentar novas informações, você deve dar um olhar mais crítico a elas.

Coerência e coesão

Essa duas palavras tão pequenas podem influenciar muito no resultado do seu texto, pois elas vão definir como ele vai ser compreendido.

A coerência é, no plano geral, a harmonia, a ligação e a sequência das ideias. Estas, quando apresentadas, não podem entrar em contradição umas com as outras.

Observe a frase: “A parede está sentada”.

Se pararmos para analisar, ela está correta gramaticalmente: há um sujeito, um verbo e o complemento da ideia. Mas, claramente, há algo errado.

Enquanto a coerência se preocupa com a ideia central, a coesão está relacionada às normas gramaticais, por exemplo, pontuação, conjunções e frases bem formadas. Ela faz com que as frases tenham uma ligação entre elas, para que uma sequência lógica seja respeitada.

Sem esses dois elementos, sua escrita não vai ter um bom desempenho, seja na redação do ENEM ou nos trabalhos acadêmicos da graduação e pós-graduação.

Estrutura básica

Todos os textos produzidos possuem uma estrutura básica. Para os que estamos abordando aqui, essa estrutura é:

Introdução

Essa é a abertura do seu texto. Aqui você vai dar as “boas-vindas” ao seu leitor e mostrar o que a sua redação tem de interessante para que ele continue a ler.

A principal função da introdução é apresentar o tema, mas você também pode elaborar argumentos para despertar o interesse do leitor.

Desenvolvimento

Apresente seus conhecimentos sobre o tema: inclua aqui dados específicos sobre o que você está escrevendo, mostre um conhecimento anterior sobre o assunto, indique que você estudou bastante antes de escrever.

Faça “links”, ou seja, referências com outros textos e outros autores e relacione as diferentes leituras que você fez para compor essa produção.

Quando se trata de uma redação de um vestibular ou um concurso para o qual você não pode se preparar, o ideal é ler muitas notícias e artigos de opinião sobre temas sociais e notícias sempre que for possível.

Conclusão

Este é o momento de finalizar a sua escrita, então tenha muito cuidado para não ir contra nenhuma das ideias que você apresentou no seu trabalho.

É a hora de reafirmar o que você já disse e fechar as “pontas soltas”. Aqueles argumentos que ficaram sem uma finalização deverão ser encerrados neste último parágrafo. Não deixe o seu leitor com um “gostinho de quero mais”. Faça-o perceber que ler o seu conteúdo deu a ele mais informações e conhecimentos do que já possuía.

Revise o seu texto

A última e mais importante dica é: revise o seu texto!

Geralmente, passa alguma coisa despercebida, seja um desvio gramatical ou, até mesmo, uma ideia que você não soube expressar bem. Antes de finalizar, leia com mais atenção aos detalhes.

O ideal é deixar o texto “descansar”, pois quando você se afasta dele por um tempo, adquire um distanciamento do que escreveu, tendo, posteriormente, um olhar mais crítico sobre o que está escrito.

Outra sugestão é pedir alguém para corrigir o texto. Há diversas plataformas que oferecem a correção da escrita e ajudam a enxergar detalhes que você não vê quando escreve.

Já sabe como sua produção pode melhorar? Siga essas dicas e aplique no seu próximo texto.

Depois, conta para a gente como essas dicas te ajudaram a escrever um texto melhor! 😉

Ah, e não se esqueça de conhecer o Blog da Even3, lá você pode aprender mais sobre os tipos de trabalhos científicos e como utilizar essas dicas para melhorar os seus artigos.

Este artigo foi escrito por Geisy Herculano, Redatora Web da Even3.

VEJA TAMBÉM: COMO TIRAR 1000 NA REDAÇÃO DO ENEM 2018

Vamos debater sobre?