Black Mirror: veja como citar a série em sua redação

Beatriz Kalil Othero Dicas de Redação

Nos últimos anos, Black Mirror vem se consolidando como uma das principais e mais aclamadas séries de televisão, tanto pela crítica, quanto pelo público. Ao longo de suas 4 temporadas, que estão disponíveis na Netflix, a distopia (produção que se passa em um futuro extremo e preocupante) aborda importantes temáticas sociais. Isso é feito principalmente sob a ótica da tecnologia e das mudanças drásticas – sobretudo negativas – que ela pode causar na vida das pessoas.

Por provocar inúmeras reflexões e transmitir críticas cada vez mais contemporâneas aos espectadores, Black Mirror é uma ótima série para citar na redação, que pode agregar ao seu texto o importante conhecimento de outras áreas, cobrado na competência 2. Assim, a produção é muito apropriada para temáticas sobre impactos da tecnologia, relações sociais na atualidade, punições excessivas a criminosos e, até mesmo, problemas ambientais. Abaixo, sugerimos três episódios – com, no máximo, spoilers sutis sobre as tramas –  com potencial para enriquecer seu texto:

White Bear (Urso Branco) – Temporada 2, episódio 2

Nesse enigmático e instigante episódio, uma mulher é alvo de chacota por todos à sua volta e não consegue descobrir o motivo disso; porém, aos poucos, o espectador vai ligando os pontos acerca da ridicularização sofrida pela personagem principal. De maneira geral, a crítica atrelada aos acontecimentos está nas seguintes questões: até que ponto vão as punições sofridas por criminosos? É aceitável utilizar a tortura em quem cometeu crimes extremos? E o mais importante: esse método é moralmente correto?

Possíveis temas:

JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS

DIREITOS HUMANOS PARA HUMANOS DIREITOS?

A personagem tenta fugir da humilhação, mas não obtém ajuda das pessoas, e sim desdém. Foto: Reprodução – Medium.

Nosedive (Queda Livre) – Temporada 3, episódio 1

É um dos episódios mais conhecidos da série, e, pelo seu sucesso estrondoso, até chegou a “tornar-se realidade”. Ele acontece em uma sociedade com classes sociais a partir de notas entre 0 e 5, dadas pelas próprias pessoas, por meio de seus celulares. A personagem principal, Lacie, é obcecada em aumentar sua nota, para morar na parte rica da cidade – restrita a pessoas mais ricas e/ou com notas acima de 4.5. São explicitados diversos costumes muito comuns na atualidade, como a vida glamurosa divulgada na Internet e a falsidade na vida real, movidas pelo desejo de obter popularidade nos círculos sociais. Assim, é possível notar o nível extremo em que o ser humano consegue atingir, apenas para ter aceitação das pessoas à sua volta.

Possíveis temas:

FUVEST – MODERNIDADE LÍQUIDA

SUPEREXPOSIÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Lacie, sempre conectada em seu celular, atenta às variações em sua própria nota no aplicativo. Foto: Reprodução

Hated In The Nation (Odiados Pela Nação) – Temporada 3, episódio 6

O misterioso episódio flui a partir de duas temáticas centrais, aparentemente sem ligação, mas que se conectam bastante durante o enredo. São elas: problemas ambientais (ocasionados pela extinção das abelhas no Reino Unido) e o ódio extremo nas redes sociais e suas consequências (agravadas ainda mais em função falta de consciência e empatia dos usuários da Internet). Hated in the Nation discute as problemáticas acima sob um viés impactante, o que provoca uma forte reflexão em quem assiste.

Possíveis temas:

DESAFIOS DA RELAÇÃO ENTRE O HOMEM E O MEIO AMBIENTE

IMPACTOS AMBIENTAIS DO CONSUMO NO SÉCULO XXI

INTOLERÂNCIA E DISCURSO DE ÓDIO NAS REDES SOCIAIS

As duas personagens principais do episódio (uma mais à esquerda e a outra mais à direita) andam pelo local onde são cultivadas as complexas abelhas-robôs, substitutas das que foram extintas. Foto: Reprodução

Esperamos que goste, inspire-se e reflita depois de assistir aos episódios! Então, boa maratona – e produção de texto!

CONCEITO DE FAMÍLIA NO SÉC. XXI: POSSÍVEL TEMA DO ENEM 2018, SAIBA DISCUTIR

Vamos debater sobre?