Redação: A desvalorização da ciência no Brasil

Roberta Rinaldi Exemplo de redação

A ciência é crucial para o desenvolvimento da sociedade, ao contribuir consideravelmente para o avanço desta [1], visto que é responsável por várias mudanças sociais desde seu surgimento. Tal fato é comprovado pela análise de importantes movimentos históricos [2] como a Revolução Verde, que consolidou a agricultura mundial através do aprimoramento de técnicas do uso do solo, e o Iluminismo, responsável pela mudança da mentalidade dos indivíduos por meio da ascensão das ciências humanas. [3] Desse modo, é fundamental que haja a valorização dessa ferramenta devido à sua importância para o progresso das civilizações. [4]

 O Brasil, que se encontra na posição econômica de país emergente, depende significativamente de pesquisas e inovações tecnológicas para alcançar o status de nação desenvolvida. Para tanto, é indispensável que haja grandes investimentos nesse âmbito, assim como na melhoria da infraestrutura e na maior disponibilidade de verba para os cientistas. No entanto, dados coletados pelo jornal Estadão indicam que houve, em 2016, a pior crise financeira da história nos institutos de ciência dependentes do Governo Federal. Tal situação é, portanto, reflexo do descaso das autoridades governamentais e ocasiona prejuízos tanto à classe científica quanto à população em geral. [5][6]

Além disso, é importante enfatizar que os avanços científicos, além da sua potencialidade econômica, têm papel fundamental na superação de problemas de cunho social. Por meio do uso da ciência na produção de medicamentos de baixo custo e na criação de meios para a captação de água em lugares de seca, por exemplo, torna-se possível o enfrentamento de algumas dificuldades, ocasionadas pela desigualdade social, que atormentam a população mais pobre e marginalizado do país. Dessa forma, é fundamental que seja dada uma maior visibilidade às ciências, tendo em vista os inúmeros benefícios que podem oferecer para a sociedade. [5][6]

 Logo, para a superação desse cenário preocupante, é papel do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações criar centros de pesquisas, com ampla infraestrutura e dotados das tecnologias mais avançadas, que reúnam cientistas em prol do surgimento de inovações que possam ser implantadas na sociedade, de modo a promover, sobretudo, o desenvolvimento social e econômico do país. Ademais, o Governo Federal deve instituir a ciência como área prioritária de investimentos, ao lado da saúde e da educação. Nesse âmbito, será possível a valorização necessária do campo científico no Brasil. [7][8]

Avaliação por competência:

Competência I – Demonstrar domínio da norma culta:

[2] Quando a preposição “como” introduzir exemplos, ela deve ser antecedida por vírgula.

Competência II – Compreender a Proposta:

[4] Apresentação da tese de forma clara e objetiva.

[5] Apresentação de argumentos bem desenvolvidos e consistentes para a defesa do ponto ponto de vista.

Competência III – Selecionar e relacionar argumentos:

[6] Os argumentos foram bem selecionados e estão bem organizados. Parabéns!

Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação:

[1] Uso correto do conectivo, muito bom!

[3] Bom uso do conectivo.

Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema:

[7] Proposta de intervenção muito bem desenvolvida, detalhada e relacionada ao tema.

[8] Sugestão: A proposta de intervenção necessita, além de um bom detalhamento, ser realizável. Desse modo, devido às crises financeiras no país, é pouco provável que se possa investir em infraestrutura e em tecnologia. Nesse sentido, poderia ter proposto, por exemplo, a criação de campanhas que buscassem o incentivo financeiro de empresas privadas.

Nota: 920

Gostou? Veja o tema de redação e escreva a sua! 😉

Vamos debater sobre?