A eficiência da política antidrogas brasileira

Envie sua redação para correção
    A Constituição Federal de 1988 classifica o tráfico de drogas como crime inafiançável e sem anistia.Contudo, a política brasileira antidrogas é ineficaz.Nesse sentido, faz-se necessário pautar as diretrizes adotadas para diminuir os problemas de saúde causados pelo consumo de drogas e para combater o comércio bilionário decorrente do tráfico de drogas.
    A principio, é possível perceber que as diretrizes adotadas para diminuir os problemas de saúde causados pelo consumo de drogas é ineficaz.Segundo a OMS,  o consumo de drogas  foi responsável por 500 mil mortes no ano de 2017, mais do que o dobro do ano anterior.Isso se deve ao fato de que os usuários de drogas,na maioria das vezes, são processados e presos em vez de serem atendidos pelo sistema de saúde.Pode-se mencionar,por exemplo, a Cracolândia em São Paulo, na qual a intervenção policial espalhou os grupos de usuários e assustou eles em relação aos voluntários de saúde que buscam ajudá-los.
    Além disso, a prisão de traficantes não é suficiente para desarticular o comércio bilionário de drogas uma vez que, segundo Luiz Guilherme Paiva, doutor em direito penal, a política bradesileira antidrogas é repressiva e não atinge o cerne do problema.Assim, jovens traficantes são presos e lotam cadeias nas quais têm contato com diversos tipos de criminosos e tornam-se mais perigosos para a sociedade, enquanto os  traficantes que mais lucram ficam impunes.
    Torna-se evidente,portanto,a necessidade de mudanças na política brasileira antidrogas.Desse modo, os Delegados da Polícia Federal em parceria com os Delegados da Polícia Civil devem coordenar atividades de investigação dos traficantes, a fim de desarticularem todo esquema do tráfico de drogas.Por outro lado, o Ministério da Saúde deve criar novos centros de reabilitação ,com parceria de empresas locais,para que mais   dependentes químicos passem por reabilitação e sejam reinseridos na sociedade.Assim, haverá diminuição do número de óbitos causados por consumo de drogas e os grandes traficantes serão punidos.