Envie sua redação para correção
    Horizonte descontrolado
     Após a Guerra Fria, com o avanço do capitalismo, o processo de Globalização intensificou-se, bem como seus efeitos. Diante disso, o contato entre diferentes povos contribuiu para o aumento das fábricas e do contrabando de drogas, estimulados pela melindrosa fiscalização. O descontrole e o aumento dessas substancias ilegais, refletem pontos negativos dessa realidade. 
     Em 1988, o governo brasileiro criou uma política antidrogas, hodiernamente presente, onde é detalhado os processos judicias a respeito dos traficantes de entorpecentes. É incontrovertível que, por o impasse persistir, há visíveis falhas sendo somadas com a união das culturas globais, resultando na imensa dificuldade da aplicação dessas políticas. 
       De outra parte, a Lei de Drogas elimina a pena de prisão aos usuários de drogas, onde infelizmente, não é o suficiente. Segundo o escritor e jornalista,Bernando Kucinski, o principal fator contribuinte ,para o constante consumo de drogas entre os brasileiros, é a forma do tratamento – ou cura – dos dependentes químicos, onde os cidadãos são taxados como desvios morais. 
      Urge, portanto, que a Secretária Nacional de Políticas sobre Drogas, atrelada a Polícia Federal, intensifique a fiscalização nas fronteiras internacionais, a fim de exterminar as falhas supracitadas, através da melhora nos treinamentos dos profissionais. Ademais, o Ministério da Saúde, em parceria com o Governo Federal, deve criar um programa voltado para o tratamento do dependente químico, através do aumento de investimentos na área da saúde, para, assim, a mazela ser tratada como uma doença específica.