Envie sua redação para correção
    O tráfico de drogas está aumentando no Brasil, pois, ainda, é difícil a identificação entre usuários e traficantes de drogas. Visto que, o sistema de leis antidrogas está fragilizado.
          Relacionado aos comerciantes de narcóticos e seus clientes, fica claro a dificuldade de distinguir quem é quem. No entanto, com esse detalhe, narco-traficantes escondem-se atrás de usuários para não serem pegos ou pegar uma pena menor.
          "Todos são iguais perante a lei"- Constituição Brasileira. Porém, pessoas de classes mais baixas sofrem mais com eles do que as de classes mais alta. Não é muito comum ver notícias em que um empresário foi preso por traficar entorpecentes, mas é corriqueiro indivíduos pobres aparecerem. Em alguns casos, o empreendedor é, realmente, um traficante, todavia, a lei não chega até ele, pois por parte de alguns servidores corruptos, das quais se venderam, protegem-no.
          Sendo assim, a política antidrogas brasileira precisa ser revista. Por meio do Ministério da Segurança e do Poder Executivo para enrijecer tais leis, investigar as corporações contra narcóticos e penas de acordo com os crimes cometidos e igual a todos. Seria previsto melhores de identificação e maior igualdade entre as pessoas em um período de médio a longo tempo.