Envie sua redação para correção
    Desde a era colonial até os dias atuais, grande parte das mulheres são tratadas como objeto. Na cidade de São Paulo no Brasil, um homem foi preso por ter ejaculado em uma mulher dentro de um ônibus, mas logo foi solto e voltou a fazer novas vítimas. Esse é apenas mais um ocorrido que causa indignação e repugnância no ser do gênero feminino.
     Todos os dias acontece feminicídio, mulheres são mortas por discriminação e as que são negras acabam sofrendo em dose dupla, por causa da cor  e por ser mulher. O assédio vem sendo provocado em qualquer lugar, seja ele público ou não, causando constrangimento a quem sofre e está perto.
     Assim, acabam gerando um certo receio nelas na hora de se vestir e sair na rua, pois há quem diga que elas mesma provocam tal situação, por estar usando roupas chamativas e curtas, ou seja, pessoas ignorantes e sem respeito que se acham superior e no direito para falar tamanha asneira. Uma roupa não pode ser motivo de palavras de baixo calão ou cantadas insignificantes.
     Portanto, devemos continuar denunciando e enaltecendo àquelas que já passaram por esse inconveniente  machismo, a não se calar e a participar de programas que visem à possibilidade de colaborar de forma coletiva, com palestras, protestos pacíficos e persistir falando, para que esse assunto seja sempre lembrado, dessa forma, vamos manter o assunto em evidência para tentar evitar que aconteça e não deixar acontecer para poder realçar.