Envie sua redação para correção
    A cultura do assédio é um crime muito presente na sociedade brasileira. Isso deve ser enfrentado uma vez que, muitas pessoas principalmente mulheres, deixam de participar ou ir em certo locais por medo da perseguição que existe. Nesse sentido dois aspectos fazem-se relevantes: a falta de punição aos criminosos e o desrespeito às leis.
    Esse cenário de obsessão, ocorre pela falta de regras a esses delinquentes, deixando eles cada vez mais mal acostumados e ilesos dos crimes que cometem, sendo assim eles continuaram atacando do mesmo jeito. Na maioria dos casos, quem sofre e passa por momentos de sufoco são as mulheres, pelo fato dos homens não respeitarem um não, elas seguem sendo agredidas sexualmente.
    De acordo com à lei 10.224 que comprova que o assédio é um crime, o infrator deve arcar com as devidas penas impostas a ele, não deixando passar nenhum tipo de assédio seja ele sexual ou moral. Segundo a psicóloga e professora Conceição Nogueira, "o assédio é uma violência de gênero brutal, com vários patamares de funcionamento. Forçar a intimidade não é sedução nem flirt; é assédio". Essa situação se corrobora pelo fato, dos homens sempre pensarem que tudo é elogio e não terem a decência de respeitarem uma mulher.
    Fica claro, portanto, que medidas são necessárias para resolver o impasse. As soluções cabíveis seriam as punições e denúncias, pois cessa a violência exercida, além de demonstrar cada vez mais a hierarquia dos tribunais que a categoria não esta submissa a esses tipos de crimes e que esses marginais não saíram impunes.