Enviada em: 12/08/2018

No século XXI, com o mundo globalizado, a obtenção de informações e a comunicação se tornou muito mais fácil, rápida e acessível a cada vez mais pessoas por conta da internet. Nela, as redes sociais, mesmo com seus problemas, são ferramentas importantes para aqueles que desejam expor suas opiniões e histórias.       Esses meios de comunicação garantiram a todos seu lugar de fala, nas redes sociais quem quiser pode se expressar fazendo uma publicação com o que desejar em sua página. Obviamente existem aqueles que usam isso para o mal, espalham as famosas "fake news", xingam e falam mal de outras pessoas, mas mesmo assim se ganhou muito com essa mídia.        Minorias que por muito tempo foram somente repreendidas, como as mulheres, os homossexuais e os negros, aos poucos ganha seu lugar na internet. Grupos de pessoas com interesses e uma luta em comum são formados e agem continuamente nas redes sociais para mostrar sua força e seu poder, pois tem o lugar de fala que não tinham sem essas redes. Organizam encontros, compartilham ideias e histórias e se unem em prol de um bem maior.       Com esses grupos, não só o coletivo ganha força, mas o indivíduo também porque sente que pode ser ouvido, que faz parte de algo maior e que tem o seu lugar no mundo. Muitos se encorajam a compartilhar suas histórias por conta disso. Dessa forma, comentários maldosos e xingamentos, que são diferentes de críticas construtivas, devem ser evitados e repreendidos ao máximo, pois atrapalham esse movimento positivo entre as pessoas. Para que esse empoderamento seja ainda maior, é preciso empatia, pois então  comentários assim diminuirão e mais gente vai se sentir confortável em se expor nas redes sociais...