Envie sua redação para correção
    A Peste Negra se alastrou devido às limitações da medicina medieval, que misturavam religião e ciência ainda rudimentar. A medicina moderna contribui no tratamento de doenças ao utilizar conhecimentos avançados de genética e criar protocolos padrão de atendimento.
       Primordialmente, cabe analisar os efeitos do avanço da genética. O Anderson MD é um hospital americano referência mundial em tratamento do câncer ao utilizar complexas análises genéticas e metabólicas das células cancerosas, com objetivo de fornecer uma abordagem personalizada a cada caso. Todavia, essa situação não ocorre no Brasil devido à falta de investimento estatal no setor de saúde e falta de incentivo ao surgimento de uma indústria médica e farmacêutica no país. Portanto, esse descaso gera tratamentos ineficientes e antiquados à população, promovendo baixas taxas de cura para doenças mais complexas, como o câncer ósseo e os que afetam o sistema nervoso.
       Ademais, urge a necessidade de se tratar da criação de protocolos terapêuticos. A organização Médicos Sem Fronteiras foi uma das primeiras a enfrentar a epidemia de Ebola no continente Africano, e foram vitoriosos por utilizar tratamentos desenvolvidos e amplamente testados por diversos laboratórios no mundo inteiro. Por conseguinte, ao se oferecer tratamentos de primeiro mundo mesmo em situações completamente insalubres, aumenta-se a chance de sobrevida dos pacientes e propõe um tratamento uniformizado independentemente da condição financeira dos afetados.
       Desta forma,  cabe ao Ministério da Saúde destinar verbas obrigatórias à modernização de laboratórios e equipamentos médicos, de forma a diminuir os alarmantes índices de mortalidade em hospitais públicos. A Caixa e o BNDES devem reduzir as taxas de juros e criar programas de financiamento para startups na área médica, com o objetivo de trazer avanço tecnológico à medicina brasileira. O CRM deve incentivar a adoção de protocolos terapêuticos internacionais, de forma a propiciar a democratização ao acesso a tratamentos medicinais de qualidade.