A contribuição dos avanços da medicina no tratamento de doenças

Envie sua redação para correção
    Salvando mais vidas
          Em 1960, a expectativa de vida do brasileiro era de 48 anos. Hoje, quase 60 anos depois, alcança os 75 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa expectativa aumentou por causa dos descobrimentos de novas doenças, a cura de várias síndromes entre outros avanços significativos da medicina.
                Já existem vários avanços da medicina que hoje ajudam e facilitam muito a vida dos pacientes, como no caso do medidor de glicose que dispensa sangue, gel restaurador de ossos, resultados de exames de sangue em 30 minutos, insulina aplicável para diabéticos entre outros. Todos esses avanços teve uma grande ajuda da tecnologia, e isso é muito benéfico, pois com o uso eficiente dela na área da saúde pode reduzir custos em todo o setor de pesquisas, além de promover diagnósticos precoces e tratamentos mais assertivos.
                Além disso, o avanço da medicina faz com que os pacientes sofram menos com a sua doença, como no caso da jovem Luana Cristina Rodrigues, de 18 anos, que descobriu que estava com um câncer maligno dentro de um câncer benigno, se não fosse as técnicas avançadas de exames e o tratamento precoce, Luana poderia ter enfrentado a morte. Conforme Carlos Alberto Goulart, presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos de Saúde (ABIMED), afirma que a tecnologia é um elemento de sustentabilidade de toda a cadeia, porque gera maior eficiência no atendimento e redução de custos, além de ser vetor de desenvolvimento econômico, ajudando na medicina.
            Portanto, ao passar dos anos os avanços da medicina têm aumentado a expectativa de vida da população e também ajudado a descobrir novas doenças e curar doenças que antes não eram possíveis, tudo isso com uma grande ajuda da tecnologia.