Envie sua redação para correção
    Muito se tem discutido, recentemente acerca da contribuição dos avanços da medicina no tratamento de doenças. Desde os tempos em que a peste negra matou milhões de pessoas observa-se até os dias atuais um grande avanço, o canabidiol é um fato marcante nos dias atuais. O tratamento de doenças consideradas incuráveis talvez seja o grande fato na era contemporânea.
    É possível observar desde a antiguidade até os dias atuais o que talvez é o grande marco atual: o avanço da medicina na cura de doenças. Tal feito se nota, há 60 anos atrás a vida média dos brasileiros era de 48 anos, hoje a média supera os 70 anos, muito devido ao avanço medicinal no combate e soluções de várias doenças. A exemplo disso vale ressaltar o canabidiol, substância encontrada na maconha, muitos países ainda não legalizaram para uso medicinal, essa substância pode ajudar na cura do câncer por exemplo, muito mais eficiente que a quimioterapia, onde as dores, enjoos, mal estar compromete o tratamento dos pacientes.
    A medicina avançou de forma a revolucionar toda a população na cura de enfermidades consideradas impossíveis. Fazendo uma breve comparação, antigamente até mesmo no século XIX, as pessoas ainda não tinha um meio de prevenção, hoje a medicina dá um grande passo, o Brasil está entre os países que mais oferecem vacinações gratuitamente. Alguns tempos atrás era fácil observar pessoas morrendo de gripe, febre amarela, hoje o panorama é diferente, assim como, o DNA geneticamente modificado.
    Sendo assim, cabe a intervenção do Ministério da Saúde com propostas de legalização de substâncias que podem ser prol para o combate de doenças com o apoio do Governo, incentivar o campo da biomedicina com maior investigação na cura de doenças, mais políticas públicas destinadas a saúde, assim como, junto a outros países incentivar a busca de novas soluções para tais doenças como o mal de Alzheimer, procurar soluções para que assim a medicina possa avançar ainda mais e erradicar doenças.