A crise hídrica brasileira e seus impactos na geração de energia

Envie sua redação para correção
    O setor energético é tão deficitário quanto o setor de transporte de cargas no Brasil. Ambos tinham que ter uma diversidade maior para que quando necessário, houvesse uma alternativa bem consolidada e preparada para o uso.
          Atualmente a malha rodoviária é responsável por mais de 90% de todo o transporte em todo o território nacional, mas devido a estrutura geográfica de nosso país, outras formas de transportes poderiam ser viáveis como a ferroviária e a hidroviária. No setor energético essa situação se repete, porque grande parte da energia elétrica gerada no país vem das hidrelétricas, sendo pouco difundidas as de origem eólica e solar que são consideradas de origem limpa.
          O Brasil está passando por um racionamento de água devido a pouca quantidade de chuva e isto tem feito com que os reservatórios de água cheguem a níveis críticos de uso. Neste caso é usado energia oriunda de termoelétricas que tornam a energia produzida mais cara e é considerada pelos pesquisadores altamente poluentes.
          Para que haja um melhoramento da "malha" energética, o governo deve investir no desenvolvimento das outras formas de criação de energia consideradas limpas. Fazendo com que o preço da energia baixe e que não de tenha mais formas poluentes de criação de energia.