Envie sua redação para correção
    Atualmente a crise hídrica que se instalou no Brasil parece não ter mais fim, o valor descontrolado na conta, quedas de energia frequentes tem preocupado o povo brasileiro. Mas será que a educação em termos de racionalização tem sido eficiente? Energia Renovável seria uma boa opção?
    Em primeira análise, convém frisar que a educação em termos de racionalização está distante de ser encarado como forma de combater a crise hídrica, uma das principais causas seria o desperdício de água constante no Brasil. Logo medidas socioeducativas de prevenção para coibir o mau uso da água teriam que serem adotadas. E como dizia o ex presidente da África Nelson Mandela:" A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo".
    Ademais, vale ressaltar  uma outra opção para que não ficasse a depender somente da água e que hoje está ficando cada vez mais escassa, seria o acatamento de novas fontes de energias que outros países vem aderindo como a China e os Estados Unidos que estão investindo em energias renováveis, por se tratar de uma grande ajuda para a população e o meio ambiente, é um investimento alto, mas que vai tornar um grande alívio para os reservatórios e rios, pois ficariam como uma alternativa de emergência tornando assim um meio viável para o plantio e a diminuição na conta de luz por se tratar de formas de energia natural. O Brasil teve uma boa aderência de energia eólica na cidade de Fortaleza - CE que investiu bastante, e trouxe retorno e grande alívio para a população e para as indústrias em especial com a diminuição na conta de luz.
    Portanto, medidas são necessárias para combater essa problemática. É imprescindível que se tenha rigor e punições para o desperdício exagerado de energia de forma inadequada e fiscalizações frequentes. E que o Governo Federal, Companhias de energias renováveis e as Indústrias entrem num acordo o qual ambas as partes serão beneficiadas. Logo mostrando que o Brasil é um país que zela pela sua população e imagem.