A crise política e a sociedade: como contornar divergências políticas nas relações sociais?

Envie sua redação para correção
    A relação entre  sociedade e crise política
    
         Em épocas de eleições, a televisão no Brasil assumiu um papel decisivo no encaminhamento da crise política, cobrindo o país, conseguiu levar multidões para as ruas em protestos contra o governo federal. Além deste meio de comunicação, as redes sociais também são utilizadas para a realização de debates sobre a legitimidade do governo, porém algumas pessoas se exaltam e promovem o discurso de ódio e incitação á tolerância.
        O Brasil é um país que advém de uma herança nepotista e de subalternidade que passa por uma séria crise política e econômica. Escândalos de corrupção da Petrobrás juntamente com a operação Lava-Jato envolvendo políticos e empresários, a paralisia do congresso nacional, a retração da economia e o aumento do desemprego criaram uma grande insatisfação na sociedade. 
          Em relação á televisão, especificamente a Rede Globo, nota-se que é demonstrado apenas um posicionamento perante a crise política: contra o governo federal. A mídia pode influenciar demasiadamente na opinião do cidadão sobre determinado assunto, portanto, é essencial que haja a demonstração de ambos os lados: o contra e o a favor do governo.
         A luta de classe não dá trégua e a política de conciliação se mostrou ineficaz nesse aspecto. O governo precisa sinalizar para a construção do nosso campo e promover as aclamadas reformas estruturais, como a reforma política, a reforma urbana e a democratização dos meios de comunicação. A relação da sociedade com a crise política é uma linha muito tênue, porém deve ser ultrapassada para que possa sanar a crise e para que a sociedade fique mais satisfeita com suas escolhas na hora do voto.