Envie sua redação para correção
    "Quem abre uma escola fecha uma prisão."A frase do dramaturgo e ativista pelos direitos humanos Victor Hugo parece fazer alusão ao grande desafio de educar adequadamente e reinserir na sociedade,indivíduos encarcerados.Nessa perspectiva a fim de evidenciar a problemática da educação para prisioneiros,cabe analisar os reais motivos da precária educação para esses indivíduos,como também a sua inserção na sociedade.
       É indubitável que o dilema constitucional estejam entre as causas do problema.Conforme Aristóteles, a poética deve ser utilizada de modo que, por meio da justiça, o equilíbrio seja alcançado na sociedade. De maneira análoga, é possível perceber que, no Brasil, o precário tratamento ressocializante rompe com essa harmonia; haja vista que, embora esteja previsto na Constituição a educação como direito social,segundo o jornal o Globo das 1.410 prisões no país, 40% (565) não têm sequer sala de aula.
       Além disso,segundo o pedagogo Paulo Freire"Se a educação sozinha não transforma a sociedade,sem ela tampouco a sociedade muda."Neste sentindo percebe-se a necessidade de engajamento da sociedade,por meio da educação para que o encarcerado retorne a sociedade,além disso o ensino amplia as possibilidades no mercado de trabalho uma vez que o prepara-o melhor.
        Observa-se,portanto,que a educação é uma ferramenta na ressocialização de detentos para tanto é necessário o Governo Federal auxilie o retorno destes a comunidade,o Governo Federal deve ampliar o número de escolas e ensino profissionalizante dentro das prisões além de  estimular projetos de ONG´S como a Bem Querer que auxilia detentos na busca de empregos.
    
    
    
    
    
    
         Observa-se,portanto,que(...)