A educação como veículo de mudança na sociedade

Envie sua redação para correção
    Nos anos 60, o educador Paulo Freire desenvolveu um sistema de ensino voltado ao público adulto, o qual visava acabar com as taxas elevadas de analfabetismo no brasil. Com isso, a população foi muito favorecida, pois esse método proporcionou ao cidadão aprender a relação da palavra com seu significado em determinado contexto. Nesse aspecto, é evidente que a educação é um ótimo veículo de mudança social, mas seu valor não tem sido reconhecido na contemporaneidade. 
       É sabido, em primeiro lugar, que a escola é um importante espaço de interação. Os conhecimentos adquiridos em sala ultrapassarem o campo pedagógico; os debates, intermediados pelo professor, podem estimular o estudante a refletir sobre sua atuação em sociedade. Por conseguinte, se temas como "o culto ao corpo" forem discutidos nesse ambiente a fim de desnaturalizar padrões de beleza, por exemplo, o colégio também atuará desconstruindo estereótipos e incitando o senso crítico. Porém, a profissão docente é desvalorizada, desmotivando-os a elaborarem novos métodos. 
     Ademais, os cortes públicos na educação prejudicam o poder transformador dessas instituições. Em 2016, a proposta de emenda constitucional (PEC) 241, propôs o congelamento dos gastos públicos na área educacional por vinte anos, sendo que as escolas e as universidades sofrem, há anos, com a falta de verba e o sucateamento estrutural. Essas restrições afetam não só a qualidade do ensino, como também, atingem as populações carentes, pois esses investimentos são uma das engrenagens para diminuir a desigualdade social brasileira. 
        É imprescindível, portanto, a valorização do ensino como ferramenta de transformação social. Para isso, o governo deve promover o reconhecimento do professores, aumentando seus salários e, junto ao Ministério da Educação, fornecer novos cursos para o aprimoramento profissional. Além disso, é crucial a participação popular para cobrar uma atuação mais democrática das reformas sociopolíticas, visto que o ensino de qualidade é um direito  assegurado pela constituição de 1988.