Envie sua redação para correção
    A educação é e sempre foi importante passo para atingir a meta de se tornar um país desenvolvido, nesse âmbito a sociedade que mais investe nessa área consegue gradualmente tornar-se uma economia sólida, baseada em um esquema de profissionais qualificados. Desse modo, pode-se dizer quanto maior as aplicações no sistema de ensino, mais fortes serão os setores da saúde, tecnologia e diversos outros, o que acarreta mudanças drásticas no esquema populacional, visto que a diferença entre a parcela mais avantajada e a menos é diminuída com o passar do tempo. 
          No Brasil, é notória a divergência causada pela falta de um diploma, o próprio Estado com a distinção de presos, os quais são encaminhados a celas para aqueles com ensino médio completo ou incompleto, exerce uma política excludente. Democratizar o conhecimento é uma das barreiras mais difíceis de serem superadas, basta tomar como exemplo as universidades públicas e o número de negros em comparação à maioria branca, a qual em sua maioria estudou em escolas particulares. É visível que em uma população com mais da metade sendo composta por negros e pardos, haja um problema de garantir a esses o que lhes é de direito.
          Para assegurar a propagação de conhecimento, Órgãos como o Ministério da Cultura e da Educação teriam papel importante, efetuando por meio de materiais online e públicos o processo de expansão da área de atuação desses dois, o que significaria que a parcela mais distante dos centos urbanos com acesso à internet teria possibilidade de aprendizado. Ademais, empregar um sistema de cotas proporcional ao número de indivíduos na população e aumentar a verba direcionada aos investimentos a alunos com problemas econômicos, seria se suma importância para acabar com a democracia grega que é hoje aplicada no país.
          Efetuados esses passos a sociedade se beneficiaria com melhoras impostas por tais mudanças, o número de analfabetos cairia drasticamente, a indústria iria encontrar uma nova gama de profissionais especializados e preparados. Haveria assim uma alteração na estrutura social, as diferenças iriam diminuir, a política que é reservada a poucos seria destituída, a propagação de ideias e conhecimentos faria da população um monstro àqueles que se opõe a democracia, tudo isso graças a maiores investimentos na educação.