A importância da cultura popular na construção e na valorização da história brasileira

Envie sua redação para correção
    A música "País Tropical", do compositor Jorge Ben Jor, resume a significância, em casos atribuída, por parte da população de brasileiros e estrangeiros ao conceito de cultura popular nacional: o carnaval. Assim, a importância da desmistificação da multiculturalidade de costumes, danças, folclores, arte, música e literatura são essenciais a fim de dignificar e reconhecer os elementos fomentadores do patrimônio imaterial do país.
        Segundo o antropólogo Darcy Ribeiro, o povo brasileiro é composto pela união do índio, branco e negro. Todavia, a valorização secular de certos grupos raciais, em detrimento de outros, colabora a uma perda identitária da cultura nacional, a exemplo, as afro-brasileiras. Por meio disso, foi regulamentada, em 2016, a lei que torna obrigatório o ensino da história e cultura africana, do nível básico ao médio, como meio indispensável ao reconhecimento da participação cultural das matrizes étnicas nacionais.
          Outro fator preocupante é a imposição da indústria do entretenimento, por meio da "cultura de massa". Com isso, o  negligenciamento observável, por parte do setor midiático, em contraste à diversidade de elementos de cunho cultural popular, minimiza o acesso da população ao vasto acervo cultural brasileiro. Dessa forma, a relevância da "Lei Rouanet", em que por meio de incentivos fiscais a empresas, proporciona assim o financiamento a projetos culturais, torna-se viável ao enobrecimento da classe artística.
         Diante dos fatos expostos, para contribuir com a preservação do patrimônio imaterial nacional, é imprescindível ao Ministério da Cultura a reafirmação da "Lei Rouanet", por meio da ampliação ao apoio financeiro, através de Parcerias Público-Privadas (PPPs), a projetos culturais menores, além da garantia da meia-entrada, como mecanismo à democratização ao acervo artístico. Somado a isso, o trabalho conjunto entre gestores municipais, escolas e mídias locais, com o intuito de ratificar e resguardar a história e os costumes regionais, por meio da divulgação de palestras, exposições, saraus e gincanas, torna-se crucial à enaltação da cultura popular nacional.