Envie sua redação para correção
    Segundo o conceito antropológico, de 1871, cultura é um conjunto de pensamentos produzidos por um povo como arte, costumes, religião, hábitos, mitos ou técnicas.Porém, ainda que ela se caracterize por ser um dos mais importantes aspectos para a significação da história de um povo, no Brasil, esses elementos não recebem o devido interesse, o que resulta em uma desvalorização da história brasileira. Por isso, é essencial que essas questões sejam mais trabalhadas, a fim de converter esse quadro.        Toda e qualquer tipo de expressão cultural é construído gradativamente e compartilhado entre povos de uma mesma sociedade. E é a partir desse fato que os cidadãos conseguem se reconhecer em seus ambientes e se sentir pertencidos a determinados limites. Além disso, esses pensamentos permitem a identificação de uma nação e, quando são valorizados, impedem que outros hábitos sejam vistos como superiores ou inferiores, de modo que rompa com a crença etnocentrista e possibilita a visão de que as diversas culturas são apenas modos distintos de se expressar, a exemplo das europeia e africana, a qual é, ainda, muito estigmatizada no Brasil. Assim, é possível que haja a preservação da essência do povo brasileiro, uma vez que seja considerado o seu valor.                                                                              É preciso se lembrar também de que o Brasil é um país miscigenado, o que remete ao início de sua história, em 1500, momento o qual índios e, posteriormente, africanos, juntamente aos europeus, começaram a formar a cultura brasileira. É nesse momento que deve-se haver uma presença significativa da cultura popular, pois a partir disso é viável que se compreenda as transformações na sociedade e que se transmita às gerações futuras. Com isso, não haverá o esquecimento dos cidadãos primordiais e, ao serem respeitados e valorizados, consequentemente o preconceito poderá ser combatido, já que a história brasileira foi essencialmente formada por eles. Desse modo, é claro de perceber que a evidência da manifestações comportamentais podem ajudar na construção e valorização do país.                                                                                                                                          Portanto, para isso, é necessário que haja ações em toda a sociedade.Primeiramente, pode-se realizar mudanças nos ambientes escolares, de modo que altere o sistema da escola depositária, como nomeou o educador Paulo Freire, por meio de projetos que envolvam pesquisas sobre as culturas locais e suas contribuições para o país. Quanto à família,ao transmitir os saberes, cabe a ela evidenciar o importante papel das matrizes africanas, principalmente, por meio de diálogos, a fim de que vá contra a ideia do preconceito e da unificação da cultura. Já a sociedade é responsável por não supervalorizar outras culturas em detrimento da brasileira e repassar as manifestações culturais características. Assim, a história do Brasil será mais mais valorizada e, possivelmente, reconhecida em um maior nível.