A importância da cultura popular na construção e na valorização da história brasileira

Envie sua redação para correção
    Os principais disseminadores da cultura brasileira são os colonizadores europeus,a população indígena e os escravos africanos. Posteriormente os imigrantes italianos, japoneses, alemães, entre outros, contribuirão, para a pluralidade cultural do Brasil.Sendo essa que, no passado foi moldada, é facilmente identificada hoje, seja na língua falada, ou na dança  folclórica expressada, o que não falta é história, diante de uma cultura tão vasta e pouco valorizada.
     Diante disso, os índios brasileiros tiveram grande contribuição na formação cultural, principalmente com o vocabulário, o qual possui inúmeros termos de origem indígena, como o pindorama, anhanguera, itamaracá, dentre outros, que hoje são desconhecidos por alguns indivíduos, o que pode parecer injusto, pois muito contribuiu para formação da nação.
     Injusto também, é a pouca valorização das diversidades regionais responsáveis pela formação social das pessoas, através dos valores, costumes, religião, culinária, arte e etc. Os professores, junto as escolas e faculdades, têm o poder e o dever de transformar a mentalidade de seus alunos a cerca da importância do folclore, juntamente com as lenda (curupira, o saci-pererê, o boiatá) do mesmo modo, as danças típicas, as roupas, dentre outros.
    É necessário, portanto, que o ministério da cultura e seus órgãos colegiados, incentivem através de palestras, exemplares históricos até mesmo, maior valorização das festas regionais típicas, que muitas vezes não ocorrem pela simples descrença dos cidadãos.Segundo Confúcio, "A cultura está acima da diferença da condição social", é algo enraizado, que cresce e contribui para a identidade cultural do país, do ser humano, independente de classe social.É preciso conhecer a diversidade cultural brasileira, é preciso respeitar e zelar por essa história.