A importância da cultura popular na construção e na valorização da história brasileira

Envie sua redação para correção
    A Semana da Arte Moderna, realizada em 1922, foi caracterizada pelo debate e definição da cultura brasileira. Representada pelo autor Oswald de Andrade, que defendia a busca da erudição, usando como inspiração a arte na Europa unindo o estudo popular e erudito. Nesse contexto, há dois fatores que não podem ser negligenciados, como a relevância e a valorização do Patrimônio Histórico Cultural.
        Em primeira análise, cabe pontuar que o Brasil possui uma diversidade de conceitos e significados para o conhecimento através da arte, crenças e costumes, obtendo um papel de valorizar as práticas locais de cada região. Comprova-se isso, por meio dos escravos africanos, que durante o processo colonizador, por apresentarem etnias, linguagem e tradições distintas dos nativos, conduziram ao país religiões afro-brasileiras, como o Candomblé. Dessa maneira, os múltiplos povos que frequentaram a nação, contribuíram para a dança, música,doutrinas e o idioma presente.
         Outrossim, é valido salientar que, a falta de investimento no setor e o frágil conhecimento sobre a variedade de hábitos culturais, perpetuam na existência da discriminação. Uma prova de como a instrução popular é importante para reverter a questão, está na frase do cantor Bob Marley: ''Um povo sem conhecimento, saliência de seu passado histórico e cultural, é como uma árvore sem raízes''. Diante disso, percebe-se que é imprescindível a averiguação da coletividade sobre às práticas  concedidas pelos ancestrais.
        Portanto, são necessárias medidas que valorizem a cultura brasileira. É preciso que o Ministério da cultura em parceria com o MEC, acrescentem á grade curricular aulas práticas com representantes de cada região, que demonstrem os hábitos locais, para aperfeiçoar o conhecimento dos estudantes. Além disso, os municípios junto ao MinC e ONGS culturais, devem elaborar projetos de centros culturais gratuitos abertos á população com música, dança, e culinária das localidades brasileiras. Ademais a mídia deve divulgar os programas culturais e abordar através de ficções engajadas a diversidade de comportamentos das regioes do Brasil, colaborando para uma democratização cultural na sociedade.