A importância da cultura popular na construção e na valorização da história brasileira

Envie sua redação para correção
    Segundo o sociólogo Karl Marx,a cultura assim como a exploração baseia-se na imposição da classe dominante sobre a classe oprimida.Essa realidade esta em acordo com a situação da valorização da cultura popular brasileira, pois devido ao processo de aculturação ocorrido desde o período colonial ate os dias atuais o país enfrenta inúmeros entraves para o reconhecimento da importância da cultura popular em sua construção social e histórica. Diante disso,faz-se necessário que o Governo,o IPHAN,o Ministério da Cultura e a sociedade criem soluções para tais problemas. 
     Em primeiro lugar,nota-se que o processo de aculturação remete a colonização portuguesa no Brasil por meio da catequização indígena pelos Jesuítas.Ademais,devido ao advento da Revolução Industrial e a consequente alienação provocada pela criação de Industria cultural e a disseminação do ''American way of life'' a sociedade brasileira sempre teve sua cultura marginalizada e oprimida. Nesse sentido, a legislação brasileira é de suma importância para a garantia da valorização da diversidade cultural.
     Em consoante,o Brasil constitui-se da miscigenação de inúmeras etnias, por isso apresenta um extenso acervo cultural. Um claro exemplo disso pode ser facilmente notado nas diversas manifestações religiosas vigentes em seu território, assim como na culinária, no folclore, na musica e na língua. A herança indígena e afro-brasileira tiveram grande influencia na formação da identidade e na noção de pertencimento da nossa sociedade. Dessa forma, é necessário que esses costumes sejam sempre preservados e repassados para as futuras gerações garantindo assim o conhecimento cultural.
    Em síntese, é evidente portanto que o Governo deve mediante a ampliação do poder de atuação dos órgãos competentes aumentar as fiscalização sobre a preservação da diversidade cultural. Em adição, as famílias devem repassar a seus integrantes suas tradições e folclores como forma de divulgação da cultura falada. Por fim, o IPHAN em parceria com o Ministerio da Cultura devem desenvolver programas de auxilio a comunidade, por meio de mostras e feiras culturais.