A importância da cultura popular na construção e na valorização da história brasileira

Envie sua redação para correção
    "Linda cultura, foi feita para a gente saber de onde viemos e para onde iremos voltar". A música modulada por Tim Maia, parece fazer alusão ao modo de pensar das pessoas em coletividade considerando seus conhecimentos adquiridos e passados de geração em geração. No entanto, nota-se, ainda, que a sociedade brasileira vem se contrariando a respeito da construção e valorização das manifestações populares denominadas Cultura. 
        Feito essa ressalva, percebe-se que o país possui uma diversidade de tradições que na maioria das vezes, são deixados de lado. Isso sobrevém, pelo fato do sistema cultural ser dinâmico, em decorrência da vivência de novas experiências e da construção de novos valores conhecidos. Um exemplo disso, são as músicas do "Estilo Sertanejo" dos anos 90, que antes faziam uma associação à mulher amada, passaram a englobar um ritmo mais solitário e sofrido nos dias de hoje. 
         Ademais, observa-se, que a utilização de hábitos culturais estrangeiros sobre os costumes da nação brasileira, também é um grande desafio a ser superado. Tal exemplo, foi o que ocorreu há alguns séculos, quando a família real tentou disseminar no Brasil suas tradições europeias. 
         Fica claro, portanto, que a cultura popular por ser alterada com o passar dos anos, não deve ser abolida, e sim, reconquistada e conhecida pelos indivíduos que compõe uma geração, comprovando assim o pensamento do filósofo Aristóteles: "Todos os homens têm, por natureza, o desejo de conhecer". Desse modo, o Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Cultura, deverá conceder nas escolas, programas educacionais que se encarreguem de fazer palestras para os alunos com o intuito de formar cidadãos cultos, para assim, tornarem o Brasil um país melhor.