A importância da cultura popular na construção e na valorização da história brasileira

Envie sua redação para correção
    Brasil é um país com uma grande diversidade cultural. Reflexo disso foi o movimento antropofágico brasileiro, que foi fundado e teorizado por Oswald de Andrade. Onde ele repensou a ideia de cultura brasileira, e teve ideia de unir as culturas africanas, indígenas e européias. A cultura diversificada brasileira a fruto da colonização e é necessário valorizar cada uma das vertentes que compõe a cultura no Brasil. 
      Muitos traços culturais foram desrespeitados não apenas no Brasil Colônia, como também nos dias atuais. Claro que em menor escala, porém o desrespeito as variadas culturas ainda persiste, pois o fato de não valorizar alguma cultura já é um ato de desrespeito. Essa não valorização se da, por muitas das vezes algumas pessoas acreditarem que seu modo de vida é superior ao do outro, causando então uma intolerância que pode causa muitos problemas, já que se trata de um país tão diversificado como o Brasil. 
      Outro problema que deve ser levado em questão, é a grande inserção das culturas internacionais na cultura do brasileiro em detrimento da globalização. O que acaba havendo um preconceito e desvalorização da cultura nacional, como sendo algo inferior e ultrapassado. Porém, isso já acontecia desde início do século XX, com a chegada das indústrias no território nacional e a modernização das grandes cidades, a burguesia repreendia as manifestações da cultura brasileira como os jogos de capoeira e as serestas, e exaltavam e copiavam a cultura européia. 
     Logo, é necessário que haja uma valorização de todos os elementos da cultura nacional. Esse pode ocorrer, através do conhecimento da historia e formação da cultura brasileira. É importante que nas escolas os alunos sejam motivados para isso, com amostra de filmes nacionais que revelem tanto a cultura atual do Brasil com a construção da mesma. É valido também, que as prefeitura em conjunto com o estado, façam um plano de incentivo a leitura da literatura brasileira, incluindo esses livros no currículo escolar e disponibilizando essas obras em todas a bibliotecas das escolas e na internet. E também a participação de ONGs, que organizem projetos sociais incluindo a população carente na produção peças teatrais e amostras culturais, trazendo assim mais cultura para os cidadãos brasileiros.