Envie sua redação para correção
    Em meados de 1969, Jorge Bem Jor, cantor e compositor brasileiro, dizia em seus versos: “Moro num país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza. Em fevereiro tem carnaval (...)”. Em seu comportamento ufanista, o autor exemplificou as qualidades do nosso Brasil, amenizando a dor de um povo que passava tempos difíceis durante a ditadura militar. Existem diversos meios para enriquecer a cultura de um povo. A música sempre foi uma importante ferramenta cultural, capaz de mostrar a construção e o valor da história brasileira. 
          Sem dúvidas, a música como linguagem escrita, falada e cantada permite, com maior facilidade, a propagação e permanência de ideias ao longo dos anos. O uso da linguagem escrita transpõe tempo e espaço, possibilitando o registro histórico de nossos antepassados e instrução para o futuro. A música popular brasileira faz parte do nosso patrimônio histórico, pois nos permite conhecer o passado e a percepção das pessoas acerca dos acontecimentos. 
           Ademais, o valor da música popular brasileira é inestimável. Através dessa herança cultural foi possível propagar nossa arte pelo mundo, olhar criticamente para o passado, refletir sobre o futuro, e construir valores baseados em nosso contexto histórico-cultural. A importância cultural da música popular brasileira na construção e valorização da nossa história é inquestionável. É nosso dever fortalecer diariamente a construção de novas obras. 
          Portanto, a escola, em seu caráter formador, deverá incentivar a produção artística através da música como forma de manifestação cultural, política e histórica. O Ministério da Educação deve reconhecer a música como matéria obrigatória e essencial no processo de formação, incluindo-a na base nacional comum curricular. Enfim, fortalecendo nossa base educacional, poder-se-á construir uma sociedade rica em cidadãos críticos, capazes de produzir e eternizar obras, que elucidem maravilhosamente nosso Brasil.