Envie sua redação para correção
    As políticas educacionais adotadas por Getúlio Vargas, a partir de 1930, embora foram de grande avanço para a emancipação do ensino - como o Ministério da Educação -, ainda apresentavam obstáculos para o acesso de muitos brasileiros. Em contrapartida, atualmente a educação à distância é importante não só para a democratização da educação mas também para o desenvolvimento do país. 
         Nessa perspectiva, é necessário pontuar que muitos cidadãos não têm tempo ou condições financeiras de arcar com as despesas geradas pelas faculdade, como o transporte, moradia e alimentação. Destarte, tal fato é motivado pelo alto preço do transporte púbico, distância do centro de ensino, entre outros . Assim, a flexibilização do ensino é capaz de alcançar às diversas classes sociais e expandir a qualificação profissional. Desse modo, segundo o MEC, de 2003 até 2013, acrescentou mais de 2200% no Ead, o que é um forte ponto na erradicação da desigualdade e segregação social no Brasil. 
           Por conseguinte, é indubitável que esse benefício colabora para o desenvolvimento econômico e social brasileiro. Nesse ínterim, de acordo com dados da Fundação Getúlio Vargas, a cada ano de dedicação aos estudos, o salário do profissional sobe em 15%. Ou seja, com o avanço da educação, os salários serão cada vez mais rentáveis. Como consequência, a qualidade e expectativa de vida são favorecidas. 
            Diante dos fatos expostos, ainda que o ensino à distância expandiu grandemente nos últimos anos, medidas são necessárias para o seu aprimoramento. Para isso, as universidades, privadas e púbicas, devem disponibilizar mais vagas para a questão abordada, principalmente para regiões menos favorecidas como o Nordeste; a fim de democratizar o ensino superior e qualificação profissional. Em consonância, o MEC deve divulgar, em canais de Tv e outdoors, as vagas e informações a respeito de como funciona o projeto, para que alcance o maior número de pessoas possíveis. Dessa forma, o Brasil estará desenvolvendo cada vez mais.