A importância da educação à distância no Brasil

Envie sua redação para correção
    A educação é um direito previsto na Constituição brasileira para todos os cidadãos, sendo dever do Estado promovê-la à sua população. Nesse contexto, é evidente que o país apresenta um déficit em sua educação, fazendo com que seja necessária uma mudança estrutural no ensino brasileiro, para que ele seja capaz de acompanhar as demandas modernas. Isso ocorre não só pela fluidez dos sistemas capitalistas, mas também devido à problemática mobilidade urbana enfrentada pelos cidadãos.
      De acordo com Bauman, a modernidade líquida é caracterizada pela insegurança e constante mudança no cenário social. De fato, as empresas exigem cada vez mais a especialização profissional para o exercício de um cargo, uma vez que estão substituindo a mão de obra fixa por contratos temporários. Com efeito, é de suma importância que o país amplie seu setor educacional, garantindo maior acessibilidade para sua população, o que torna a educação à distância um mecanismo indispensável para garantir o desenvolvimento, tanto econômico quanto social,do Brasil.Seguindo esse parâmetro, a educação à distância possibilita a redução das disparidades existentes na graduação de pessoas portadoras de alguma deficiência e aquelas ausentes de anomalias, reduzindo o abismo social e o preconceito existente no país. Tudo isso acarreta a queda no número de desempregados e, consequentemente, a redução da taxa dedependenteseconômicosdo governo,elevandoassimoseu PIB  
      Segundo Kant, o indivíduo é aquilo que a educação faz dele, sendo diretamente influênciado por sua formação estudantil. Paralelo à isso, os avanços tecnológicos e a globalização possibilitaram a existência de metrópoles cada vez mais populosas que, por consequência disso, apresentam um grave problema em sua mobilidade. No entanto, a busca por melhores condições de vida faz com que as cidades recebam uma grande massa populacional, o que torna o espaço geográfico reduzido e a mobilidade urbana deficitária. Tais fatores fazem com que as instituições de ensino se instalem em localidades mais afastadas do centro urbano, o que gera um gasto de tempo, para o transporte, muito elevado. Como consequência, tem-se a crescente demanda por uma educação mais flexível que consiga se encaixar no cotidiano conturbado dos indivíduos, o que é exemplificado pelo aumento do número de matriculas em cursos à distância, confirmando cada vez mais a sua importância para o páis. 
      É perceptível a influência educacional e da mídia na problemática citada. Sendo assim, è necessário que o MEC amplie sua atuação, por meio da fiscalização rigorosa dos conteúdos aplicados por cursos à distância, com intuito de garantir e manter a qualidade do ensino no país. Além disso cabe ao Conar cobrar das mídias propagandas educativas que visem aumentar a visão da sociedade, mostrando para os cidadãos as alternativas criadas para garantir uma formação estudantil e a harmonia para o Brasil.