A importância da educação a distância no Brasil

Envie sua redação para correção
    A forma de se preparar para as provas, vestibulares ou concursos não se resume em ir para um cursinho preparatório ou ficar apenas em livros, como material de apoio, mas também de assistir aulas ao vivo, gravadas e entender até melhor do que em uma aula presencial. Nesse contexto, deve ser discutido como a educação à distância pode contribuir para a efetivação do ensino para todos no Brasil, para que todos possam ter acesso à uma vaga na faculdade, concurso e por mais conhecimento.
            Em primeiro lugar, para Immanuel Kant, o homem não é nada além daquilo que a educação faz dele. Por exemplo: a maioria dos grandes cargos de prestígio exigem uma formação de qualidade, quem se qualifica melhor fica mais propenso a garantir um bom trabalho. Entretanto, no país, cerca de 42 por cento dos jovens de 19 anos ainda não concluíram o ensino médio, segundo pesquisa do PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio. Por consequência, os jovens vão em busca de qualquer emprego para ajudar em casa, não concretizando sonhos e atuando onde não gostaria.
              Por outro lado, o estudo à distância pode ser um aliado para mudar a atual realidade do país, baseado na falta de tempo que muitos não possuem, não somente jovens, mas também os adultos. Baseado em uma visão evolutiva do país, o Governo criou uma plataforma chamada "MECflix", que seria a sala de aula na tela do computador, sem custo nenhum, no intuito de trazer a educação para quem não pode ir até ela. Por conseguinte, é esperado que os estudantes se aperfeiçoem por essa ferramenta e quem está afastado, retorne para se capacitar e descobrir novos horizontes na carreia estudantil e profissional.
            Nesse contexto, portanto, é necessário que o Governo em conjunto com o Ministério da Educação promova a plataforma nas escolas e nas mídias sociais, como internet e televisão, no intuito de propagar o ensino para todos e diminuir a quantidade de pessoas fora da escola e sem formação. Desse modo, a educação se efetiva como direito social.