Envie sua redação para correção
    Um novo futuro
    
        Nesse mundo capitalista todos correm atrás de dinheiro, portanto a maior parte do dia é dedicada ao trabalho para que não falte nada para todos que compõe a família, fazendo com que a educação fique no rol do esquecimento. 
           Por mais que seja cansativo, os membros da família devem dedicar-se ao acompanhamento e incentivo dos estudos desde o início da infância. Mesmo sendo verdade a frase do filósofo Mario Sérgio Cortella: "Motivação é uma porta que se abre por dentro", é papel da família dar diretrizes de como abri-la para que no futuro o jovem já tenha conhecimento o bastante para fazê-lo, movendo-o então a um caminho de sucesso.
           Muitas vezes não é a falta de interesse dos pais ou responsáveis e sim o reflexo de décadas de precariedade na escolarização desses já adultos, pois muitos ainda são semi ou totalmente analfabetos, dificultando e até sentindo-se envergonhados ao incentivar os estudos apenas por falta de conhecimento.
          O que falta aos alunos é aprender como estudar, pois muitos alegam não gostar simplesmente por não saberem o fazer. O trabalho é árduo e exige de todos em volta e não só do aluno. Sabe-se que tempo é questão de prioridade e agora é o momento, não existe a possibilidade de mudar o passado mas há como escrever o futuro e a prioridade é a educação pois com este quesito bem desenvolvido, automaticamente todos os setores sociais terão grandes taxas de melhoria simplesmente porque as novas gerações estarão bem instruídas e saberão a cada dia mais o que fazer para que o progresso seja contínuo na sociedade como um todo.