A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Desigualdade salarial. Falta de representatividade política. Assédio. Preconceito. Esses são apenas alguns dos problemas contemporâneos sofridos pelas mulheres e herdados de uma política mundial de construção do Estado, enraizada em uma cultura de repressão às minorias, desigualdades e patriarcado. Perante tal situação, o movimento feminista surgiu fomentado no anseio de conquista dos direitos inalienáveis das mulheres, urgindo pela equidade de gênero.
           Em primeira análise, é incontrovertível que a falta de conhecimento acerca da causa feminista acaba por denegrir e atrapalhar a luta das mulheres pela igualdade, haja vista que tal desinteresse em entender as razões e necessidades dessa minoria social, gera uma aversão ao movimento embasada no preconceito crescente. Tal intolerância advém, principalmente, da ignorância em julgar o movimento feminista como algo que busca a supremacia feminina, sendo que, na verdade, tal mobilização combate, justamente, qualquer tipo de soberania.
          De maneira análoga ao observado na obra cinematográfica "As Sufragistas" - que retrata a luta de mulheres britânicas, no início século XX, pelo direito ao voto -, as mulheres sempre tiveram de reivindicar por seus direitos dentro do meio social e político. A sororidade - união entre mulheres, baseada na empatia - é o alicerce do movimento feminista que, apesar de encontrar entraves no preconceito, foi responsável por inúmeras conquistas, as quais, por sua vez, deveriam ser garantidas sem que houvesse a necessidade de pleiteamento.      
          Em suma, é de fundamental importância reconhecer as vitórias do movimento feminista como, por exemplo, a aquisição do direito à educação, ao voto, ao ingresso no mercado de trabalho e a liberdade de expressão. Entretanto, as conquistas não são homogêneas e o risco eminente e constante a integridade física da mulher, em consonância às desigualdades de gênero, mostra que ainda há muito a se contestar até alcançar a igualdade. 
          
    O movimento feminista é uma luta das mulheres, no entanto, essa mobilização conta com o apoio popular para reconhecê-lo como legítimo, pois só assim será possível garantir um meio democrático. Destarte, observa-se a necessidade de esclarecer, junto à população, esse movimento que visa o bem comum, baseado na empatia e no respeito, assegurando, às gerações futuras, mesmas oportunidades para todos.