Envie sua redação para correção
    Posição da mulher na sociedade
    
      O feminismo surgiu no século XIX, desenvolvendo-se como um movimento filosófico, social e político. Um conceito que luta pela igualdade de gênero e essencialmente pela participação da mulher na sociedade. 
         O homem na sociedade é aquele que, possui os privilégios aos quais as mulheres, desde crianças, estavam vetadas a possuí-los, isso vale da educação até a fase adulta onde se arruma um emprego e começa a ganhar um bom salário. 
         Em muitos casos o feminismo tem se dissipado de forma notória, o que parte da educação, pois eram educadas a ajudarem a mãe nos serviços domésticos, casar e ter filhos. Esse era o ciclo da vida de uma mulher, perceptivelmente diferente da vida de um homem que já tinham regalia aos estudos, ler, escrever guerrear, e por fim, escolher, que era relativamente proibido para uma mulher que viviam uma vida que consistia em trabalhos domésticos e educação dos filhos. Sem estudo, sem salário igualitário, inclusão na sociedade, liberdade de expressão ou impor-se sobre qualquer decisão, inclusive as que lhes diziam respeito. 
        Em meio a tantas lutas de reivindicação dos direitos iguais com base no artigo 3° "exercício efetivo dos direitos à vida...", as mulheres se impõe mediante a situação para mudar o quadro. Em geral, ainda não gozam daquilo que foi conquistado, embora exitam mulheres inseridas na economia e política, ainda são vistas como um ser inferior ou frágil, perdendo sua visibilidade em situações como entrevistas de empregos e salários iguais. A inserção da mulher é fundamental para o crescimento em termos econômicos e intelectual, onde não só uma pessoa, mas todas possam acoplar-se para o fim da descriminalização e desigualdade de gênero.