A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Desde o século XVIII,o período que se deu início as revoltas pelos direitos da mulher,observa-se a importância do movimento feminista na luta pelos privilégios do sexo homólogo ao longos dos anos.Nesse sentido,conforme a 1º Lei de Newton, a qual afirma que um objeto permanecerá em repouso a menos que tenha seu estado alterado pela ação de uma força externa.Dessa maneira,as mulheres cansadas de serem consideradas inferiores e incapazes de realizar várias atividades,lutam constantemente para mudar esse paradigma.Nesse contexto,convém analisarmos as problemáticas que se notam,por exemplo,diante das ráizes conservadoras e o machismo persistente.
                    Historicamente,para Emma Watson,ambaixadora da Organização das Nações Unidas,que diz que a mulher merece o mesmo respeito que o homem,mas,lamentavelmente,não existe um país no mundo no qual todas as mulheres recebam direitos,dessa maneira,possuindo alta relevância.Haja vista que,a maioria da sociedade de cultura conservadora ainda não aceitam o sexo homólogo sendo independente,consquistando os seus privilégios,ou seja,sendo empoderada.Quanto a isso,os conservadores ainda valorizam o modelo patriarcal,porque as damas eram inferiores e apenas obedeciam os homens.Tendo dito isso,é necessário que essa mentalidade retrógrada seja revertida do cenário vigente. 
                    Além disso, já o estigma do machismo na sociedade brasileira. Isso ocorre porque a ideologia da superioridade do gênero masculino em detrimento do feminino reflete no cotidiano dos brasileiros. Nesse viés, as mulheres são objetificadas e vistas apenas como fonte de prazer para o homem, e são ensinadas desde cedo a se submeterem aos mesmos e a serem recatadas. Dessa forma, constrói-se uma cultura do medo, na qual o sexo feminino tem temor de se expressar por estar sob a constante ameaça de sofrer violência física ou psicológica de seu progenitor ou companheiro. Por conseguinte, o movimento feminista surgiu para mudar essa perspectiva,dando cada vez mais voz as mulheres brasileiras.         
    Sob essa conjectura,o Governo Federal,frisando o Ministério da Educação,deve implementar na grade escolar por meio das matérias,por exemplo,História e Filosofia, para ensiná-los sobre o feminismo,a fim de valorizar esse movimento que luta pela igualdade e os direitos da mulher.Somado a isso,o Ministério da Justiça,deve impor leis mais rígidas e punições mais longas mediante o Poder Legislativo,com a finalidade de erradicar ações que inferiorize as mulheres.Ademais,cabe à sociedade civil, o apoio às damas e aos movimentos feministas que protegem o sexo homólogo e defendem os seus privilégios, expondo a postura machista da sociedade.