A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Atualmente, é crescente a percepção dos efeitos do movimento feminista na conquista de direitos pelas mulheres. Em praticamente todas as ocupações, o número de mulheres no mercado de trabalho é crescente e sua presença é natural em todos os ambientes. A importância da mobilização ao longo de um século colhe hoje os efeitos da luta, que deve se renovar e se adaptar ao novo contexto, ainda repleto de adversidades.
          Apesar das tantas conquistas das mulheres, ainda há pontos de dor quanto à sua integração no novo contexto da sociedade. Milhões de mulheres pelo mundo ainda sofrem com a limitação de acesso à direitos humanos básicos, como saúde, educação e acesso ao mercado de trabalho. O movimento feminista ainda encontra resistência em chamar a atenção do público para essas questões em várias partes do mundo. 
          Além disso, nesses ambientes em que há conquistas sólidas, como os centros urbanos brasileiros, persiste ainda o problema da violência contra a mulher. Segundo pesquisa da Secretaria de Políticas para Mulheres, no Brasil, a cada doze segundos uma mulher é violentada. Tal problema também é condicionado à inobservância da equidade de gênero, um dos principais motivadores do movimento feminista: às mulheres que trabalham ainda é imposto o desafio da dupla jornada, em que os fazeres domésticos  e o cuidado com os filhos são atribuição "natural" da mulher.
          Assim, a percepção da importância do movimento feminista pelas próprias mulheres é um caminho importante para que sejam garantidas as conquistas e o avanço na luta pelos direitos. A Ministério dos Direitos Humanos deve iniciar um programa nacional de disseminação dos ideais de equidade de gênero, para que mulheres de todas as idades sejam sensibilizadas das questões reais que norteiam o feminismo. Nesse programa, câmaras de vereadores e escolas de todo o país promoverão feiras, seminários e palestras para alcançar o grande público. Desta forma, por meio da inclusão das mulheres e pela estrutura do Estado democrático, será possível materializar um país justo e inclusivo para as mulheres.