A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    A luta feminina por uma sociedade melhor
    Segundo o pensamento de Jean Rousseau, " o homem nasce livre, mas por toda a parte se encontra acorrentado". Essa linha filosófica faz jus ao movimento feminista, cujo luta pelos direitos das mulheres. Nota-se que esse movimento está crescendo gradativamente e de forma positiva, isto é, busca alcançar os objetivos de forma pacífica e sem violência. As mulheres sempre foram excluídas da sociedade e mesmo nascendo "livres" vivem "acorrentadas" pelo machismo e opressão em que vivem. O feminismo surgiu para mudar essa realidade e levantar a bandeira de luta e liberdade feminina.
       É inquestionável o modo como as mulheres eram e ainda são tratadas, simplesmente por se tratar de gênero. De acordo com a Secretaria de Políticas para Mulheres, a cada 12 segundos uma mulher é violentada, e a cada 90 minutos uma é assassinada, como mostra dados do Mapa da Violência. Antigamente, infelizmente, esses dados eram mais alarmantes, os quais fez a francesa Olympe de Gouges, no século XVIII, iniciar o feminismo, entretanto, ela foi guilhotinada na França por um grupo de machistas que eram contra aos protestos femininos, contudo o grupo aumentou e continuou na luta por seus objetivos. 
        Em relação aos direitos já conquistados, podem ser destacados: o direito ao voto, participação na política e em outros cargos mais importantes, direito ao trabalho assalariado, ao lazer, educação, saúde,mas ainda há muito o que conquistar. A luta contra o machismo, contra todas as formas de violência,  de preconceito, de desigualdade social, da busca pela autonomia e liberdade de seu próprio corpo, ainda são objetivos a serem alcançados pelas feministas. De acordo com Durkheim, o fato social é uma maneira coletiva de agir e de pensar, dotada de exterioridade, generalidade e coercitividade, seguindo essa linha de conhecimento, o feminismo surgiu para mudar a vida das mulheres e arrancar as correntes da submissão. 
         É evidente que o movimento manifestou-se para melhorar a vida daquelas vítimas de uma sociedade machista e ignorante. Nesse sentido , urge que ONG's promovam através das mídias, campanhas que conscientizem a população acerca da importância dos movimentos feministas. Além disso, o Ministério da Educação (MEC) deve instituir nas unidades de ensino, palestras ministras por profissionais que discutam o combate ao machismo, violência e exclusão de mulheres na sociedade, assim dito por Paulo Freire, a educação transforma pessoas e essas mudam o mundo. Assim sendo, deve-se combater os entraves e garantir a solidificação de uma sociedade justa e melhor para todos.