A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Ao longo das civilizações, a figura feminina foi construída diante de uma sociedade patriarcal que definiu a mulher com sendo o "sexo frágil ", tornado-a submissa e restrita aos afazeres domésticos e à educação dos filhos, enquanto os homens eram os provedores do lar. Essa relação de submissão também fez-se presente nas funções religiosas, políticas e sociais .Contudo, a partir do momento em que as mulheres tomaram consciência das desigualdades a que eram submetidas, passaram a reivindicar seus direitos, sendo assim, movimentos feministas, iniciavam sua estruturação. Esses movimentos são de extrema importância para consolidar garantias legais e quebrar paradigmas históricos.
                Em primeira análise, as mobilizações femininas estão relacionadas à luta por direitos iguais. Esses movimentos reivindicam que setores políticos instituam mudanças nas leis, com objetivo de proporcionar às mulheres, estruturas sociais justas, além de promover a igualdade de gênero. Dentre as conquistas obtidas pela atuação dos movimento feministas, tem-se o direito ao voto, lei do divórcio, lei maria da penha, participação no mercado de trabalho sem a autorização do marido. Desse modo, percebe-se que ativismos femininos são um marco para a conquista da liberdade e expressão feminina.
                 Em segunda análise, o movimento feminista e seu engajamento são essenciais para promover quebras de padrões culturais, derivados de uma sociedade patriarcal, que inferioriza as mulheres, em razão do seu gênero. Segundo a escritora e feminista francesa Simone de Beauvoir "Ninguém nasce mulher, torna-se mulher", essa visão permite compreender que as mulheres não tem um destino biológico, apenas são formadas dentro de uma cultura que infelizmente, define seu papel na sociedade. Com o advento da quebra de paradigmas, ocasionado por ativismos femininos, a mulher está conquistando espaços importantes socialmente e profissionalmente, desvencilhando-se de ideais machistas que pregam que é a sociedade quem dita o  comportamento feminino.
                    Diante disso, fica nítida a importância dos movimentos feministas na luta pela garantia de  direitos e reconhecimento da função feminina na sociedade, porém, é necessário que medidas sejam tomadas para fortalecer esses ideais. Cabe ao poder público em parceria com empresas de comunicação propagar os ideais feministas e divulgar esse movimento, ainda desconhecido por muitos, por meio de campanhas publicitárias, programas de televisão, buscando atingir os diversos públicos e idades. As escolas, por sua vez, devem pautar debates e palestras que expliquem o que é feminismo e desmitifiquem estereótipos e preconceitos machistas, criando um espaço de reflexão e instruindo as crianças e adolescentes desde cedo a construir uma mentalidade baseada no respeito e  na igualdade.