Envie sua redação para correção
    A filósofa Mary Wollstonecraft, foi uma das grandes representantes do primeiro movimento feminista, por rebater, dentre outros fatores, os ''Direitos do Homem e do Cidadão'' da revolução francesa, que não defendia  as mulheres. Nesse sentido, após séculos de lutas, o movimento é um dos maiores legitimadores da democracia. Dessa forma, necessita-se discutir sobre a igualdade promovida e os entraves enfrentados.
         Em primeira análise, é notório que o movimento feminista promove a isonomia. Posto isso, essa assertiva é constatada quando se observa um crescimento nas representações políticas para esse gênero - como o voto em 1934 - e as conquistas de direitos civis - como a lei ''Maria da penha''-, que defende a igualdade entre homens e mulheres. Da mesma maneira, de acordo com o filosofo Habermas, a consolidação de uma ética da discussão possibilita a conquista de direitos. Como consequência, a grande disparidade entre homens e mulheres diminui gradativamente.
         Entretanto, é indubitável que há entraves para quebrar o estigma do ''sexo frágil''. Nesse viés, tal fato é motivado pelas heranças históricas de machismo que esteve presente no sistema patriarcalista colonial, já que a sujeição da mulher era comum na sociedade. Mesmo porque, como considerou Durkheim, o fato social é uma maneira coletiva de agir e pensar. Por conseguinte, e evolução da conquista de direitos e da isonomia é fortemente dificultada. Prova disso é que, segundo a secretaria de segurança pública, houve quase 1000 feminicídios só em 2017.
         Entende-se, portanto, que o movimento feminista é propulsor da isonomia, mas encontra entreves históricos para a máxima efetivação. A fim de atenuar o impasse, o MEC deve implantar nas escolas um projeto de iniciativa feminista, por meio de palestras e aulas históricas com professores, para que dissemine a importância do feminismo e mais pessoas adentrem. Em consonância, cabe à mídia, estimular o respeito às mulheres, por meio de programas com representantes do movimento, demonstrando os dados de desigualdade, para que dissemine a isonomia.