A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    No ano de 1897,as mulheres conquistaram o direito ao voto, após 21 anos de luta e ainda eram obrigadas a casar com um homem que fosse do agrado de seu pai e mesmo que elas sofressem agressões do seu marido, elas não poderiam se separar até que em 1977 foi aprovada a Lei do Divórcio, mas até então o gênero feminino não poderia sair "falada" perante a sociedade.
          O movimento feminista é abordado como o movimento que modificou e continua a fazê-lo, tal movimento "globalizou" desde de 1970, com a luta pelos direitos de igualdade de gênero, que tenta fazer com que seus direitos sejam igualitários aos dos homens.
          As mulheres sofrem com a desigualdade, devido a diversos fatores, como o estupro, agressões domésticas, que na maioria são causadas por homens. As feministas estão na luta para que elas possam ganhar de forma igualitária do homem, o sexo feminino mesmo que tenha a mesma função, o mesmo currículo recebe um salário inferior ao do sexo masculino, e elas ainda escutam piadas de homens machistas como, "Mulher só serve pra pilotar fogão", e sabe-se que a maioria das mulheres executam o trabalho doméstico e é nessas ocasiões que elas se tornam vítimas de assédio sexual no trabalho.
    
          Com isso, pode-se concluir que as feministas querem ser ouvidas, e não querem ficar com a boca fechada. Elas lutam para que sejam respeitadas, convém ao governo ajudar a essas mulheres serem bem representadas, e sanar problemas como o feminicídio, e uma outra forma de ajuda-lás é aprovando leis que sejam benéficas a elas e óbvio que a eles também. E também com ajuda da sociedade de forma que elas e eles possam entender que mulheres e homens devem ter os mesmos direitos, sem que haja situações de hierarquias superiores entre ambas as partes. Portanto ainda há muita luta para elas enfrentarem e também muitos direitos à conquistar.