A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    No livro Dom Quixote, do romancista Miguel de Cervantes, é contada a história, dentre outros personagens, de Marcela, uma moça que decidiu trabalhar como pastora, para ser independente, e por conta disso era chamada de bruxa. Fora dos livros, o preconceito e desrespeito sobre a mulher ainda é um problema intrínseco na sociedade, sendo necessário movimentos de empoderamento de cunho feminista para reverter esse estigma social e garantir os direitos das mulheres.
      Primordialmente, convém ressaltar a importância do feminismo para reverter o estigma social de inferioridade da mulher. Durante a maior parte do século XX, no Brasil, mulheres só poderiam trabalhar com autorização de seus maridos,conseguindo ser desconsiderada civilmente incapaz em 1962 e, após manifestações de cunho feminista, a igualdade de gênero com a constituição em 1988. Contudo, vê-se, que paradoxalmente a equidade de direitos, hodiernamente, mulheres ganham 30% menos que os homens, de acordo com dados do jornal O Globo.
      Sob outro ângulo, é possível notar também a relevância dos movimentos feministas, para garantir os direitos de seu gênero. Em 2015, após grande intermédio e peleja de grupos feministas, foi sancionada a lei do Feminicídio , no Brasil. Entretanto, em 2017, 946 mulheres foram mortas pela condição de gênero, segundo o jornal G1. Apesar do alarmante dado nenhuma medida efetiva, que vise divulgar, apoiar e intensificar grupos que pelejam pelos direitos das mulheres, foi tomada. Deixando muitos inconscientes da existência dessa luta e aqueles que buscam essa garantia desamparados diante dessas situações.
      Assim sendo, o Estado, deve viabilizar a atuação de ONGs que buscam assegurar equidade de direitos de gênero, através de verbas e defensores públicos para ajudá-las em suas causas. Ademais, promova a distribuição de cartilhas educativas para a população e nas escolas, explicitando a importância do feminismo, suas conquistas e lutas, promovendo a conscientização e igualdade por meio da informação e amparo.