A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Mente de barro! 
       Em Atenas, berço da democracia, as mulheres não eram consideradas cidadãs, sendo excluídas do processo político-social. Hodiernamente, o “sexo frágil” tem ganhado espaço em diversos setores da sociedade em consequência de lutas e revoltas em prol da igualdade. Diante disso, é fato o movimento feminista se apega à uma causa justa e que possui raízes históricas e ainda, uma impregnação cultural ramificada, para tanto, devem haver medidas atenuantes desse cenário. 
       Precipuamente, a mulher, em todo o processo histórico foi considerada um ser aparte, inerte, agregando somente naquilo que tange a atividades domésticas e submissão sexual. Depreende-se desse fato, um movimento que visa, sobretudo, a conquista da igualdade de gênero em detrimento da supremacia masculina, a qual é apodíctica, apesar de ser uma concepção obtusa, em todo o corpo social. A realidade supracitada é corroborada em “o segundo sexo”, de Simone de Beauvoir, que remete a constatação da disparidade social e a distopia inata, existente entre os gêneros. 
       Consoante a crítica social na canção “Mulheres de Atenas”, de Chico Buarque, é mister que as mulheres, desde os primórdios da racionalidade humana, são acometidas pela cultura paternalista masculina, em vista de sua submissão e servidão, cultura essa, apregoada pelo ideário machista, conservador e segregante. Destarte, a causa feminista atenta para uma filosofia de caráter equânime e de empoderamento feminino, outrossim, anseia a fuga de um ideário pautado em conceitos transcendentes. 
       Dado isso, é fato que as mulheres são vítimas de uma concatenação de ideias arcaicas e antiquadas, mas que possuem grande influência social. Assim, faz-se necessário que a Organização das Nações Unidas – ONU, atue junto as nações para difundir a igualdade de gênero, outrossim, sejam criadas ONGs que partilhem de assistência psicossocial e ofertem ajuda para a entrada no mercado de trabalho de modo isonômico. Tudo isso vai de encontro a ideias moldadas, assim como uma olaria dá forma a objetos.