A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Falar de feminismo em qualquer âmbito social, é falar de Joana d'Arc, Mallala Yousafzai e Virgínia Woolf. Entretanto, a fala não representa as mudanças que essas mulheres fizeram no mundo, e sim, as ações. Provar  e conscientizar do que o poder feminino é capaz, está em um dos desafios mais importantes, é uma mudança imediata a ser feita.
       Cerca de 51,6% da população no Brasil - segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) - é de mulheres. Então, por quê homens parecem ser a maioria? Com salários maiores, privilégios na escolha da carreira e até sendo bem vistos pela sociedade em qualquer situação, a injustiça prevalece do lado feminino.
        Diante do exposto, o interesse do governo seria primordial para aderirem à luta - com a maior vinculação nas mídias (propagandas e anúncios publicitários expondo a causa), palestras incentivadoras e aulas básicas de história (para entender o conceito), o movimento pode ganhar mais força a cada ano, assim dando à base necessária para se tornar um (a) feminista.
        Sob esse viés, com ajuda governamental para dar o salto necessário que essa discussão precisa, a jovem de hoje seria a mulher do amanhã à par de todos os seus direitos. Isso não se trata apenas de benefícios nunca concedidos às mulheres, o mesmo engloba a igualdade e harmonia de gêneros que o mundo precisa.