Envie sua redação para correção
    O movimento feminista espelha uma forma de igualdade quanto aos gêneros. Apesar de séculos na tentativa de transformações, perduram desigualdades expressivas no âmbito econômico, social e político. Ora, uma realidade hedionda em razão do desinteresse social. 
          Nessa perspectiva, a subversão ao feminismo se deve ao abandono do meio social. A exemplo disso tem-se Jane Cherobin, espancada pelo namorado e deixada na estrada à beira da morte tendo seu rosto desfigurado(G1), fruto da desatenção coletiva, além disso, a figura feminina apresenta dificuldades de ingressar no mercado de trabalho devido à priorização ao sexo masculino, onde seu salário é maior 30% com relação às mulheres. De fato, uma sociedade míope quanto a questões relacionadas ao gênero.
         Outro vetor que corrobora para essa problemática é o papel incipiente da imprensa. A evidente objetificação do corpo feminino, contrapõe os ideais feministas, como propagandas de bebidas alcoólicas a qual o corpo das mulheres, de maneira exposta, chama atenção prioritariamente dos homens, sendo a imagem feminina ligada rapidamente ao teor sexual. Assim, a imagem feminina é constantemente reificada devido aos meios propagadores de informação.
         A importância do movimento feminista, pede, portando um suscitamento consistente do meio social. O primeiro recai sobre a coletividade,a  qual deve ser mobilizar nas ruas, fóruns de discussões nas redes sociais e, por tabela, em manifestação cultural, a fim de pressionar o poder público para um maior comprometimento sobre o tema.Ademais, a imprensa, por excelência, pode corroborar aguçando o debate por meio da disseminação de dados quanto ao feminicídio,em palestras e propagando o verdadeiro significado do movimento. Afinal, "não se nasce mulher, torna-se mulher" já evidenciava Simone de Beauvoir.