A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Feminismo: doutrina que preconiza o aprimoramento e a ampliação do papel e dos direitos das mulheres na sociedade. Essa vem a ser a definição de um dos movimentos mais falados nos últimos tempos, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Segundo Simone de Beauvoir, ícone do pensamento filosófico feminista, "Ninguém nasce mulher, torna-se". Porém, com o passar do tempo, as mulheres precisaram, não só tornarem-se mulheres, mas, ainda precisam lutar para conquistar igualdade em uma sociedade altamente machista. Daí vemos a importância dos movimentos feministas atuais.
          Antes de tudo, parece importante lembrar, que por muito tempo, as mulheres não possuíam nenhuma voz na sociedade, visto que nem votar podiam, por exemplo. Durante séculos, era vista como um ser frágil e submisso, a qual deveria, exclusivamente, cuidar do lar, de seus filhos e de seu marido. Até se o mesmo a fizesse de "empregada", ou fosse infiel, toda a culpa recaía sobre a esposa. As mulheres não podiam, de forma alguma, trabalhar fora de casa. Até mesmo filósofos bastante conhecidos pregavam que a mulher era um ser totalmente desprezível. "O fato das mulheres se destacarem na história por sua capacidade intelectual não era um fator suficiente para serem reconhecidas. Para isto teriam que ser homens." (Kant); "A mulher foi o segundo erro de Deus." (Nietzsche). A partir disso, as pessoas do sexo feminino, viram a necessidade de se juntar pra ganhar seu espaço, já que, como diz o Artigo 5º da Constituição Federal, "Todos são iguais perante a lei.".
          Então, partir do final do século XIX, começaram a surgir diversos grupos feministas, os quais iam para as ruas reivindicar seus direitos. Um dos pioneiros grupos desse movimento, foram as Sufragistas, as quais são conhecidas até hoje. Os movimentos feministas tentaram acabar com o paradigma de que a mulher precisa de uma figura masculina para ditar regras para a sua vida e o seu corpo. As mulheres buscavam espaço para exercer funções que, até então, eram somente exercidas por homens. Podemos citar como exemplo a política, onde podiam sequer votar. Por volta de 1932, após diversos protestos, as mulheres conquistaram, parcialmente, o direito ao voto.
          Com base no que foi apresentado, pode-se concluir que, se não fosse os movimentos feministas criados há séculos, as mulheres não possuiriam direito algum. Logo, vemos a importância dos mesmos Porém, ainda existem muitas ocasiões em que a mulher é desvalorizada, como no mercado de trabalho, por exemplo. Uma medida a ser tomada pelo governo, é que os cargos políticos mais importantes teriam que ser ocupados, obrigatoriamente, pelo mesmo número de mulheres e homens, onde ambos poderiam se impôr da mesma forma. Além disso, empresas poderia avaliar currículos "às cegas", observando somente habilidades, e, posteriormente, conhecer o indivíduo de fato.